[the_ad_group id="16401"]
Motivação

Cuidados com a saúde: entenda como é possível para preservar seu bem maior

Por Dr. Jorge Parreira 15/05/2014

Na correria do dia-a-dia, nós, muitas vezes, não percebemos o mal que estamos fazendo para nós mesmos. Veja a importância dos cuidados com a saúde 

 

cuidados com a saúde

 

A saúde do homem depende muito da sua paz interior. Logicamente que aí entramos numa seara imensa, onde esta paz depende do bem-estar interior, que quer dizer estar feliz no trabalho, na família, no amor, enfim, inserido num contexto social equilibrado.

Perceba bem e faça a prova. Toda vez que nos enraivamos, colerizamos com alguma coisa, faz-se uma descarga adrenérgica que contrai todos os vasos arteriais do nosso corpo: do coração, do cérebro, fígado, pâncreas, pulmões, tireoide, intestinos, da pele; ficamos pálidos e frios. Isto acontecendo sempre poderá ocorrer uma isquemia desses órgãos cada vez mais cronicamente.

O coração então, órgão central que bombeia e sofre com esta constrição via sanguínea, eleva assim a pós-carga, a pressão arterial, e por horas o nosso coração se esforça para manter o débito cardíaco e a vida. Por isso é importante ter certos cuidados com a saúde, a partir de atitudes simples.

Portanto, meu amigo, ao percebermos a importância deste mecanismo e entendendo a riqueza que é a saúde, devemos a todo custo evitar a cólera ou o estado adrenérgico e simpático, mas que é na verdade antipático, o estado nervoso, a explosão ou o descontrole emocional.

 

Cuidados com a saúde

 

Evitar o trabalho extenuante, os momentos ruins que nos tiram do sério, pessoas e companhias que não nos fazem bem. Enfim, cultivar felicidade, observar mais as belezas do mundo, as flores, as crianças, a natureza, o sorriso sincero e inocente de cada um. Infelizmente, só valorizamos a nossa maior riqueza quando a estamos perdendo: a nossa saúde.

Quando a temos de sobra, jogamos fora daqui e dali, com dietas extravagantes, noitadas e vícios afins. Nos expomos a regimes escravagistas e perniciosos ao nosso bem maior. E assim ficamos pobres, paupérrimos, porque acumulamos ouro – às vezes muito ouro – mas que no fim nada vale, porque aquela joia rara não tem preço, já se foi. E ela só dá uma safra. Adeus.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

 

6 Dicas para ser uma pessoa mais positiva

Psicólogos explicam e dão dicas sobre como educar as crianças corretamente e sem traumas

20 Maneiras simples de ser feliz

Pessoas felizes reduzem risco de morte em até 35%, diz estudo. A felicidade é a chave para viver mais

Seja uma pessoa melhor com a ajuda da psicologia. Aprenda como transformar alguns defeitos em qualidades e viva mais feliz

5 Alimentos que te deixam mais feliz

Envelheça bem: centenários são mais felizes


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]