[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Desvende os mitos sobre o sabonete íntimo e escolha o melhor para você!

Por Redação Doutíssima 22/05/2014

Atenção mulheres! Você sabia que a diferença do sabonete íntimo para o sabonete normal está no seu pH? Os sabonetes comuns tem pH básico ou neutro, enquanto que o íntimo possui um pH ácido, que mantém o pH vaginal ácido.

Tal acidez é importante para a manutenção da vida de microrganismos e de lactobacilos que habitam a região e que cumprem papel fundamental na proteção da região íntima feminina contra possíveis infecções.

Sabonete íntimo pode ser usado todos os dias, inclusive no período menstrual. Foto: Shutterstock

Sabonete íntimo pode ser usado todos os dias, inclusive no período menstrual. Foto: Shutterstock

Há quem acredite que a vagina não necessite de um sabonete íntimo especial. Considerando a sua região interna, isso é realmente verdadeiro. Contudo, a vulva, parte externa dos órgãos genitais, precisa de todo o tipo de cuidado de higiene. É importante que a limpeza na área seja feita, ao menos, uma vez ao dia.

Quando usar o sabonete íntimo

Algumas situações, como o estresse, a baixa resistência ou até mesmo o desequilíbrio hormonal causado pela aproximação da menopausa, podem causar um desbalanceamento do pH no organismo, predispondo o surgimento de infecções. Por isso, o sabonete íntimo pode ser usado todos os dias, inclusive no período menstrual e durante a gravidez.

No entanto, o sabonete líquido não deve ser usado nas partes genitais internas, porque a mucosa, tecido que reveste a vagina internamente, é mais sensível a esse tipo de substância e a chance de reações alérgicas é muito grande.

O sabonete íntimo pode e deve ser utilizado após a depilação. Procure sempre produtos clinicamente aprovados por dermatologistas e ginecologistas, dando preferência aos hipoalergênicos. Pesquisas atuais comprovam os benefícios do sabonete líquido íntimo, derrubando o mito de que ele não pode ser usado diariamente.

Mitos e verdades sobre sabonete íntimo

O sabonete íntimo não elimina odores desagradáveis. O cheiro forte na região genital está relacionado a problemas genitais, como o corrimento. Por isso, o produto não tem o poder de eliminá-lo e só irá disfarçar o odor por alguns minutos. Nestes casos, a pessoa deve procurar um especialista para tratar de uma possível doença.

O sabonete íntimo oferece menos riscos de alergia. Como a composição do produto é específica para a área genital, ele oferece proteção sem irritação. Todos os componentes presentes na formulação do produto são mais leves.

O uso do sabonete íntimo também evita a proliferação de fungos e bactérias pela região íntima da mulher. Além disso, os sabonetes não prejudicam os lactobacilos responsáveis por proteger a região vaginal. Essas bactérias, conhecidas como lactobacilos de Dorderlein, evitam a proliferação dos germes causadores de infecções vaginais. Já os sabonetes comuns, principalmente os que não são neutros, podem eliminar os lactobacilos e deixam a saúde íntima mais exposta.

Algumas pessoas pensam que o sabonete íntimo não pode ser usado durante a menstruação, o que não é verdade. Conforme a opinião de ginecologistas, não há nenhuma contraindicação para o seu uso no período. Também o produto não oferece riscos quando usado durante o ciclo menstrual, porque vai sempre acompanhar o pH apresentado pela vagina.

Por fim, fique atenta! O sabonete íntimo não é um sabonete antibactericida. Aliás, estes são vetados para a região vaginal, pois podem combater as bactérias de superfície (pele e mucosa). Se usados na região genital, podem destruir os lactobacilos de proteção e aumentar o risco de infecções e irritações na vagina.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

 

Saúde da mulher. Corrimento esverdeado: o que pode ser?

Corrimento na gravidez: por que acontece e como tratar

Guia do corrimento vaginal. Tudo o que você precisa saber sobre corrimento: quais tipos, cores, cheiro, como diagnosticar e tratar

Futuras mamães: fiquem de olho no corrimento amarronzado na gravidez

Dúvida do leitor: corrimento na gravidez prejudica o bebê?

Corrimento com mau cheiro: como tratar

Corrimento vaginal: aprenda a descobrir quando o corrimento vaginal indica um problema de saúde

Camisinha que vibra – conheça a novidade que vai balançar o seu relacionamento

Camisinhas diferentes podem ser uma boa opção para sair da rotina com o seu parceiro. 

Bill gates investe na camisinha do futuro

Qual o momento certo de parar de usar a camisinha com o seu parceiro(a)?

Conheça os tipos de camisinha que dão mais prazer

Etiqueta do sexo: como fazer sexo oral sem tabu

Saiba tudo sobre a AIDS: causas, sintomas e tratamento


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]