[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Reconheça os sintomas de hepatite, a doença que ataca o fígado

Por Redação Doutíssima 07/06/2014

Considerada uma doença silenciosa, a hepatite é uma inflamação do fígado que em 90% dos casos não apresenta sinais no corpo. Dessa forma, há dificuldades para o seu diagnóstico e, por consequência, no seu tratamento.

Por isto, é extremamente importante saber reconhecer os sintomas de hepatite como, por exemplo, urina escura e pele amarela. Em algumas situações, os sintomas de hepatite são semelhantes aos sinais evidenciados por uma gripe.

sintomas de hepatite

Tomar a vacina contra a hepatite B é uma medida eficaz para prevenir a doença. Foto: Shutterstock

As hepatites podem ser provocadas por bactérias e por vírus, entre os quais estão os seis tipos diferentes de vírus da hepatite (A, B, C, D, E e G), além de poder ser contraída em razão do consumo de produtos tóxicos, como o álcool, medicamentos e algumas plantas. A depender destes fatores, a gravidade da doença é variável.

Dependendo do seu tipo, a hepatite pode ser curada de forma simples, apenas com repouso, ou pode exigir um tratamento mais prolongado e, algumas vezes, complicado e que nem sempre leva à cura completa. Caso se torne crônica, a doença pode evoluir para uma lesão mais grave no fígado ou para o carcinoma hepático e, em função disso, provocar a morte. No entanto, se detectada, as hepatites crônicas podem ser acompanhadas, controladas e mesmo curadas.

Identificação dos sintomas de hepatite

Conhecer os sintomas de hepatite é vital para um diagnóstico precoce e um tratamento eficaz da doença. Os principais sintomas de hepatite incluem a cor amarelada na pele e na parte branca dos olhos.

Contudo, os sintomas de hepatite vão além. A doença também pode se manifestar por meio de dores e inchaços na região abdominal, pela urina escura, por fezes com cor de tijolo ou cor clara, febre baixa, coceira em todo o corpo, náuseas, vômitos, emagrecimento sem causa aparente, mal-estar e dor de cabeça.

No entanto, em alguns casos, os sintomas de hepatite são inexistentes e a doença somente é identificada em exames laboratoriais, como hemograma, sorologia e ultrassonografia abdominal.

Tipos de hepatite

Os tipos mais comuns de hepatite são a hepatite A, B e C. O vírus da hepatite A é transmitido pelo contato da mão suja de fezes com a boca ou por meio de água, alimentos e objetos contaminados por fezes. Já o vírus da hepatite B pode ser transmitido por meio de sangue contaminado e também por relação sexual.

A transmissão do vírus da hepatite C é semelhante ao da B, podendo ocorrer através de sangue contaminado. No entanto, a hepatite C tem cura, assim como A, enquanto que a B não pode ser eliminada do organismo, visto que o vírus se instala no centro da célula. Entretanto, apesar de não curar, o tratamento da hepatite B pode anular os efeitos do vírus.

Prevenção e tratamento

A hepatite pode ser prevenida com simples ações. A hepatite A pode ser evitada com medidas de higiene, como sempre lavar as mãos depois de ir ao banheiro e antes de comer. Tomar a vacina contra a hepatite B é uma medida eficaz para prevenir a doença, assim como exigir materiais novos ou esterilizados em centros de tatuagem ou salões de beleza. Além disto, para evitar a contaminação do vírus, é fundamental fazer uso de preservativo.

O tratamento dependerá do que originou a doença e o seu tipo. Nos casos de hepatite viral, o indivíduo deverá manter repouso, ter uma boa alimentação e se hidratar. Por ser autolimitada, ela deverá se curar sozinha. Já quadros mais graves da hepatite podem necessitar de internamento hospitalar para o controle da doença.

 

 

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

 

Saiba mais:

Proteja-se da Hepatite C: sintomas, tratamento

Hepatite B: o que é e o que fazer?

Proteja-se da Hepatite C: sintomas, tratamento

10 cuidados de higiene para ficar menos doente

O que a urina pode dizer sobre a sua saúde

Você sabe praticar sexo oral seguro? Veja cuidados para se prevenir de DSTs

Saiba os perigos de fazer uma tatuagem e os cuidados que deve tomar


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]