[the_ad_group id="16401"]
Amamentação

Mãe de leite: ato generoso salva vidas de bebês prematuros

Por Redação Doutíssima 16/08/2014

Todas as novas mamães conhecem os benefícios da amamentação para o bebê. Porém, algumas delas, por diversas razões, não podem amamentar o recém-nascido. Uma destas razões é devido ao nascimento precoce da criança, o que faz com que o seu organismo ainda não esteja preparado para a amamentação. Mesmo assim, o bebê precisa do leite materno para garantir a sua saúde nos primeiros dias de vida.

A solução é a doação por parte de uma mãe de leite, onde a mulher que já amamenta e possui leite materno além do que o seu filho precisa pode fazer a doação deste leite extra e salvar muitas novas vidas.

mãe-de-leite

Mães de leite são fundamentais para a vida de bebês prematuros nos hospitais. Foto: Shutterstock

Mãe de leite para bebês prematuros

Para se estabelecer a importância da mãe de leite na vida de um prematuro, é necessário conhecer todos os benefícios do leite materno no desenvolvimento da criança.

A recomendação da amamentação é defendida por possuir propriedade imunológica, importante na maturação gastrointestinal. O leite materno protege os bebês prematuros de alergias e pode combater o desenvolvimento de retinopatia – lesão não inflamatórias da retina ocular – da prematuridade.

Mas qual a importância da mãe de leite na vida de uma criança que nasceu prematuramente? Muitos bebês prematuros ficam em incubadoras quando nascem até se desenvolverem.

As mães, devido ao estresse de um nascimento precoce ou por estarem tomando algum medicamento, podem não ter leite o suficiente para o seu bebê. Então, a mãe de leite pode ser o fator decisivo na vida desta criança.

Como funciona um banco de leite

Muitas mães que amamentam sentem que, apesar de alimentar seu filho, ainda possuem muito leite armazenado em seus seios. Algumas delas tiram esse excesso e jogam fora este leite a mais, mas não sabem que este líquido precioso pode salvar muitas vidas.

Pelo país, existem muitos bancos de leite, onde esta mulher pode doar o seu leite materno. Para isso, basta procurar um banco de leite, que existe em diversos hospitais, onde uma equipe irá dar toda a orientação para a ordenha do leite materno.

Muitos bancos de leite, inclusive, vão até a casa desta mulher fazer a coleta, por isso, com cerca de 20 minutos é possível ajudar muitos prematuros. Assim, ela se torna uma nova mãe de leite. Aliás, você sabia que o Brasil possui a maior rede de banco de leite do mundo?

Este leite materno é processado em diversas etapas como seleção, classificação e pasteurização, e depois é distribuído com qualidade certificada aos bebês internados em unidades neonatais.

Assim, garante que todos os novos bebês, cujas mães não conseguem a quantidade ideal de leite para o seu desenvolvimento, tenham o leite materno e suas propriedades garantidas.

Como posso ser uma mãe de leite?

Para fazer a diferença na vida de uma criança, basta procurar um banco de leite perto da sua casa. Para isso, é preciso estar saudável e não tomar nenhum tipo de medicamento. E não se preocupe, a doação não irá fazer falta para o seu bebê, já que quanto mais você tira o leite materno, mais ele é produzido.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]