[the_ad_group id="16401"]
Guia do Câncer

Alimentos que combatem o câncer não substituem tratamento. Saiba mais!

Por Redação Doutíssima 26/08/2014

A cada dia, um superalimento aparece com a promessa de opção de tratamento a várias doenças, inclusive o câncer. É fato que uma alimentação saudável, que é aquela rica em vitaminas e nutrientes, é o segredo da longevidade, mas muitas vezes não possuem qualquer valor medicinal para combater doenças como acreditamos haver. Por isso, fique atento aos efeitos dos alimentos que combatem o câncer.

Limitações dos alimentos que combatem o câncer

A ação destes conhecidos alimentos que combatem o câncer é secundária, pois seus nutrientes auxiliam no bom funcionamento do organismo humano. Desta maneira, nunca podem ser vistos como um tratamento independente e suficiente para a cura de doenças, mas sim como um aliado neste intenso combate. Veja nesse artigo como estes alimentos atuam no nosso organismo.

alimentos-que-combatem-o-câncer

Pesquisas sugerem que o consumo de brócolis pode retardar crescimento do tumor. Foto: Shutterstock

Alimentação durante o tratamento oncológico

Por mais que muitas das frutas e das verduras classificadas como alimentos que combatem o câncer não possam substituir os tratamentos tradicionais e medicinais, algumas delas podem ser um importante auxílio neste processo.

Às vezes, o tratamento do câncer pode afetar o apetite, mas embora não exista a vontade de ingerir alimentos, é importante manter o seu número de calorias, proteínas e ingestão de líquidos durante este período.

Os nutrientes adequados podem ajudar o corpo a reconstruir as células danificadas, mas, principalmente, os antioxidantes são aqueles que podem lutar diretamente contra o câncer.

Um artigo publicado na revista Journal of Integrative Medicine afirma que foi demonstrado um aumento na sobrevida em pacientes que receberam vitamina A ou outros antioxidantes em combinação com quimioterapia ou radioterapia. Além disso, uma dieta balanceada possui inúmeros benefícios, já que pode ajudar a:

– Sentir-se melhor;

– Manter a força e energia;

– Manter o peso e o estoque de nutrientes do corpo;

– Tolerar melhor os efeitos secundários relacionados com o tratamento;

– Reduzir o risco de infecção;

– Curar-se e recuperar-se mais rapidamente.

O efeito dos alimentos que combatem o câncer

Apesar dos alimentos que combatem o câncer não atuarem sozinhos no tratamento da doença, podem ser uma parte essencial deles. Algumas frutas e legumes podem atuar junto ao tratamento no reestabelecimento do organismo, atuando de diversas formas. Conheça alguns deles e como eles atuam:

– Brócolis: este legume é rico em sulforafano, que é um composto estimulante para as enzimas que protegem o organismo e ataca as substâncias cancerígenas. Segundo uma pesquisa feita em ratos na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, o composto atua nas células-tronco do câncer, o que pode retardar o crescimento do tumor.

– Tomate: rico em licopeno, responsável pela cor vermelha do alimento, pode atuar, segundos estudos, no combate do crescimento de células de câncer do endométrio. Para potencializar os benefícios, é melhor consumir tomates cozidos, o que aumenta a quantidade de licopeno absorvida pelo organismo.

– Alho: com os seus 75 diferentes compostos sulforados, o alho atua inibindo diretamente o metabolismo da célula cancerosa, além de prevenir a ativação e reprodução das mesmas. Além disso, ele fortalece o sistema imunológico.

– Nozes: este é outro item conhecido da lista de alimentos que combatem o câncer, em razão da presença de seus fitoesteróis. De acordo com a Escola de Medicina da Universidade Marshall, dos Estados Unidos, as nozes podem desacelerar o crescimento das células cancerígenas.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]