[the_ad_group id="16403"]
Dica do Nutricionista

Maçã peruana favorece a saciedade e ajuda a emagrecer

Por Dr. Adolfo Duarte 20/10/2014

A maçã peruana pode ser sua nova aliada na dieta. A planta, que lembra um rabanete, possui uma grande quantidade de fibras e carboidratos. Essa combinação de nutrientes é ótima para a saúde, pois fornece energia e sensação de saciedade ao mesmo tempo, ajudando a emagrecer.

maça-peruana

Planta é uma das aliadas de quem quer perder peso com a dieta. Foto: iStock, Getty Images

Com pouquíssimas calorias, a maçã peruana ajuda na hora de reduzir os números da balança. Esse alimento é vendido em muitas lojas de produtos naturais em forma de farinha e cápsulas. Duas colheres de farinha têm apenas 30 calorias.

 

Principais benefícios da maçã peruana

Além de ajudar a emagrecer, a planta tem outros benefícios. Um deles é que esse alimento fortalece o coração. Por ser rica em ômega 3, ela combate o colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL). Desse modo, esse tipo de maçã evita problemas cardiovasculares e controla as gorduras no sangue.

 

Outra vantagem da maçã peruana é que ela é rica em ferro, que combate a anemia, e possui grande quantidade de cálcio, que ajuda na osteoporose. Por isso, é indicada para as mulheres que estão na menopausa.

 

A maçã peruana ainda previne contra o diabetes. Por possuir grande quantidade de fibras, a planta diminui a absorção da glicose. Como se isso não bastasse, esse alimento ajuda no fortalecimento da imunidade do organismo, aumentando o poder de cicatrização.

 

Por ter uma grande porcentagem de carboidratos, ajuda também a combater o cansaço. Outra substância que esse alimento contém é a vitamina do complexo B. Esse nutriente é fundamental no fornecimento de energia para as ações do dia a dia.

 

Efeitos afrodisíacos da maçã peruana

 

Um último benefício que pode ser citado da maçã peruana é que esse alimento possui efeito afrodisíaco. De acordo com estudos feitos na Universidade Cayetano Heredia, no Peru, homens que consumiram diariamente a maçã tiveram um aumento na produção de sêmen.

 

Já nas mulheres que consumiram a planta houve aumento na vontade de fazer sexo – e, de quebra, os níveis de estresse diminuíram.

 

Como a planta pode ser encontrada em forma de cápsulas e em pó, você pode ingeri-la em sua alimentação de diversas formas. A quantidade diária recomendada é de 500 mg para quem consumir o produto em cápsulas e 2 colheres de sopa da versão desidratada em pó.

 

Você pode fazer diversas combinações. Consuma com iogurte, frutas, no lanche da manhã ou na batida.

 

As pessoas que desejam emagrecer precisam apostar em alimentos que contenham fibras como é o caso da maçã peruana. Uma alimentação rica nesse nutriente contribui para promover a saciedade, fazendo com que a pessoa coma menos.

 

Não adianta fazer uma dieta maluca para tentar emagrecer, já que os quilos perdidos sempre acabam voltando. Faça uma reeducação alimentar, consumindo frutas e verduras e não se esqueça de praticar exercícios físicos. Assim, além de perder aqueles quilinhos a mais, você garante saúde.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]