Guia dos Dentes

Como manter a saúde bucal em 10 dicas de prevenção

Por Redação Doutíssima 22/10/2014

Um sorriso bonito e saudável é um dos nossos mais importantes cartões de visita. Por isso, é de fundamental importância preservar a saúde bucal. Escovar bem os dentes, fazer uso de flúor e fio dental todos os dias e evitar o consumo de alimentos açucarados e ácidos são algumas maneiras de prevenir os problemas bucais.

 

Saúde bucal depende de bons hábitos

 

Outra medida que deve ser seguida é a de visitar regularmente o dentista que, além de realizar um exame clínico para verificar a necessidade de se fazer algum tratamento dentário, irá orientá-lo sobre a forma correta de higienização bucal.

saude-bucal

Conservar a saúde da boca depende da adoção de bons hábitos de higiene. Foto: iStock, Getty Images

Veja e adote 10 dicas de saúde bucal

 

A higiene é um dos fatores mais importantes para a preservação da saúde bucal. Para ajudá-lo, listamos 10 dicas para a manutenção da saúde em sua boca.

 

1. Escova de dentes

 

Procure escolher uma escova dental de boa qualidade. De preferência, opte por uma de cabo reto, cabeça pequena, cerdas macias e arredondadas.

 

A escovação é fundamental na prevenção da cárie, doenças periodontais e várias outras doenças bucais, pois elimina a placa bacteriana, principal causadora dessas doenças. Procure trocar a escova a cada três meses ou quando estiver muito desgastada.

 

2. Fio dental

 

Use o fio dental ou alguma escova interdental para limpar entre os dentes. O fio dental é tão importante quanto a escova, pois ele garante a remoção eficaz de resíduos de alimentos das superfícies laterais dos dentes, onde a escova não alcança.

 

3. Creme dental

 

A função do creme dental é melhorar a efetividade da remoção placa bacteriana, pois apesar de não ser indispensável, tem-se comprovado a sua importância para garantir a limpeza e o polimento dental. No entanto, não abuse do creme dental. A quantidade deve ser semelhante a um grão de ervilha.

 

4. Língua

 

Não se esqueça de limpar a língua para prevenir o mau hálito. Chamado de saburra lingual, a placa bacteriana lingual fica aderida ao dorso da língua com aspecto viscoso e esbranquiçado ou amarelado, sendo responsável por 95% dos casos de halitose. Fazer uso dos limpadores linguais é uma forma de combater o mau hálito.

 

5. Antisséptico bucal

 

Utilizados para retardar e controlar a proliferação de bactérias na superfície dos dentes e halitose, os antissépticos bucais devem ser usados com moderação.

 

Por conta das suas substâncias, o uso destes produtos prolongados podem trazer grandes problemas para a saúde bucal. Em excesso e sem acompanhamento médico, podem causar queimaduras, manchas e desgastes do esmalte dos dentes, além de alteração do paladar.

 

6. Alimentação

 

Procure manter uma alimentação saudável, evitando fumo e bebidas alcoólicas.

 

7. Higienização

 

Faça sua higienização bucal ao acordar e depois de todas as refeições, inclusive após os lanches. No entanto, espere pelo menos meia hora depois de comer para escovar os dentes, pois neste período a saliva diminui a acidez da boca.

 

8. Autoexame

 

Realize o autoexame bucal e, ao perceber quaisquer alterações, tais como manchas avermelhadas ou esbranquiçadas, procure o seu dentista. Para o autoexame, utilize um espelho. O aparecimento de algum sangramento gengival pode sinalizar uma gengivite ou doença periodontal.

 

9. Aparelho e prótese

 

Pessoas que usam aparelho ortodôntico ou prótese dentária devem redobrar os cuidados com sua saúde bucal, procurando reforçar sua higienização.

 

10. Dentista

 

Visite seu dentista ao menos de seis em seis meses para manter em dia sua saúde bucal.

 


Sites parceiros