Sexualidade

O que é ninfomania: Saiba mais sobre o apetite sexual excessivo

Por Redação Doutíssima 03/11/2014

A palavra ninfomaníaca deriva do grego nymphe, que significa moça, e mania, loucura. Mas o que é ninfomania? Considerado um transtorno psiquiátrico, tem como característica marcante o apetite sexual excessivo.

o-que-é-ninfomania

Desejo fora de controle por sexo pode não ser tão bom quanto parece. Foto: iStock, Getty Images

O desejo de fazer sexo o tempo inteiro numa busca incessante pelo prazer, que nunca chega, cria situações constrangedoras, dificuldade de relacionamentos sérios e um profundo sentimento de arrependimento. Este transtorno atinge basicamente as mulheres e não tem razões biológicas que expliquem sua origem.

O que é ninfomania?

Assim como existem pessoas com compulsão por comida, bebida, drogas, compras ou objetos, a ninfomaníaca não consegue controlar o seu impulso por sexo. Chega a ser constrangedor em algumas situações: ela pode abandonar a mesa do restaurante para ir ao banheiro se masturbar, por exemplar.

Uma mulher com esse transtorno pode querer ter relações sexuais no momento seguinte ao que chegou ao orgasmo. Seu parceiro, em regra, não sabe o que é ninfomania e não pode ajudá-la, pois sua principal atitude neste momento é criticá-la.

Algumas mulheres sofrem sem saber como agir, pois nunca ouviram falar sobre oque é ninfomania. Assim como tudo que envolve sexo em nossa sociedade, o transtorno é cercado de preconceitos e de desinformação.

Ninfomaníacas estão sujeitas a viverem às margens da sociedade, podendo ser taxadas de prostitutas – quando o que elas têm é um transtorno psiquiátrico grave, que exige tratamento adequado.

Sintomas que podem ajudar a entender o que é ninfomania

Para que uma mulher obtenha o diagnóstico de ninfomania, um conjunto de comportamentos deve estar associado. Além do desejo sexual compulsivo, a pessoa deve ter fantasias sexuais intensas e constantes, impulso sexual sem controle, capazes de fazê-la abandonar toda e qualquer atividade que esteja fazendo no momento, sofrimento causado por relações interpessoais.

O comportamento ninfomaníaco também está relacionado à masturbação excessiva, compulsão por relacionamentos simultâneos, relação sexual com um ou mais parceiros, uso de objetos sexuais na hora do sexo, abuso de pornografia e sites eróticos.

Sexo virtual, seja pela internet ou telefone, também é uma das maneiras de saciar o desejo compulsivo pelo orgasmo.

Como o parceiro e a família podem ajudar

Ajudar o parceiro a entender o que é ninfomania é o primeiro passo para que ele consiga ajudar sua parceira. Esse é um processo pela qual a família da mulher também deve passar. A melhor maneira de contribuir para o tratamento é entender como o transtorno age no cérebro e por que provoca tais reações.

Esse transtorno envolve uma série de preconceitos que precisam ser quebrados, por isso é vital o auxílio de um psicólogo e mesmo de um psiquiatra, pois o tratamento pode envolver uso de medicamentos e também terapia.

Tratamento para ninfomania

Como até o momento a medicina não conseguiu identificar nenhuma conotação biológica sobre o que é ninfomania, o tratamento para o distúrbio consiste em ajudar a mulher a mostrar caminhos que a façam diminuir a compulsão sexual.

A maneira mais eficaz de conseguir este objetivo é na terapia, que pode ser cognitivo-comportamental. A intenção é identificar quais problemas ou traumas emocionais possam ter desencadeado o transtorno. O uso de medicamentos também é indicado no tratamento.


Sites parceiros