Guia do Sexo Anal

Penetração anal: saiba como particá-la sem causar dor

Por Redação Doutíssima 03/11/2014

Criou-se um mito que a penetração anal é uma prática errada e muito dolorosa. A verdade é que isso não é regra, já que é possível fazer sexo anal sem qualquer dor ou desconforto. Claro que todos nós sabemos que o ânus é uma parte do corpo que não foi feita para a penetração e, por isso, não se dilata como a vagina, apesar de ser uma zona erógena do corpo.

Isso não quer dizer, porém, que a penetração anal não seja possível. Existem formas de se preparar para essa prática. Seguindo algumas premissas, há como sentir muito prazer e até mesmo chegar ao orgasmo por meio da estimulação do ânus. Normalmente, as pessoas esquecem de detalhes importantes que vão desde a lubrificação até a posição ideal para o sexo anal.

penetração anal

Para praticar o sexo anal, alguns cuidados devem ser tomados. Foto: iStock, Getty Images

Ter relações anais pode ser uma ideia muito excitante para os homens, mas muitos deles baseiam sua imaginação nos filmes eróticos e não têm ideia que essa prática não é igual ao sexo vaginal, no qual é possível ter uma penetração profunda e constante. Para ter uma penetração no ânus sem dor, é preciso ter muita paciência. Veja como é possível ter prazer anal sem dor.

Segredo da penetração anal

A primeira coisa a ser feita é conversar sobre o assunto, planejar e definir as regras. É importante que a mulher ou o parceiro passivo é quem tenha todo o controle da situação, e que ele consiga definir todas as ações que irão acontecer durante o sexo anal. Isso vai deixá-la mais tranquila e segura.

O segundo fator importante para ter penetração anal sem dor é a lubrificação. Não adianta acreditar que um pouco de saliva ou a própria lubrificação vaginal possam dar conta. Isso porque é preciso muito lubrificante para que a penetração seja confortável.

É importante escolher um bom lubrificante à base de água para evitar um possível problema com camisinhas de látex, ou então um lubrificante à base de silicone, caso o sexo anal aconteça no chuveiro, por exemplo – já que a água do banho poderia retirar todo o efeito de um lubrificante do primeiro tipo.

Você e seu parceiro devem saber que não é possível ir direto para a ação em si, é necessário que o parceiro passivo esteja muito excitado para que a penetração anal aconteça, o que fará com que os músculos do ânus relaxem e o pênis consiga entrar sem problemas. Por isso, as preliminares são muito importantes durante o sexo anal, além da masturbação, que é próximo passo para ter uma relação sem dor.

Tocar o ânus com lubrificante e ir delicadamente massageando a parte externa, seguido da penetração de uma pequena parte do dedo em movimentos circulares, pode ajudar na preparação. Mas lembre-se que isso deve ser muito suave e delicado, pois o ânus é uma região que possui tecidos muito finos, que podem ser facilmente rompidos.

Praticando a penetração anal

Depois que o casal sentir que é a hora, é possível começar a penetração anal. Ela deve ser muito lenta. Primeiro é necessário colocar a cabeça do pênis e fazer movimentos curtos de vai e vem.

O segredo é não ser profundo, mas ter um movimento constante. Quando a mulher ou o parceiro passivo se sentir confortável, é possível deixar o pênis penetrar mais um pouco ou intensificar os movimentos. Mas lembre-se, em qualquer caso de dor ou desconforto, é melhor parar e deixar a penetração para uma outra hora.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros