[the_ad_group id="16403"]
Especialidades

Sono e ganho de peso: Saiba a relação entre os dois fatores

Por Renata Rodrigues de Oliveira 03/11/2014

Quando temos um sono adequado, produzimos menos grelina, hormônio responsável por aumentar apetite. Consequentemente, o nível de leptina, hormônio que nos dá a sensação de saciedade, aumenta também. Em contrapartida, se o sono é de má qualidade, há aumento da grelina, o queintensifica a fome a redução  do hormônio do crescimento, que chamamos de  GH e que ajuda na quebra do tecido adiposo, tipo de tecido conjuntivo onde lipídios e gorduras se encontram.

ganho de peso

Uma consequência da má qualidade do sono é a redução da produção da melatonina, que é um hormônio produzido pelo cérebro e é um dos maiores antioxidantes naturais que auxiliam na recuperação do corpo, além de  auxiliarem na melhoria da qualidade do sono.

 

Mais dicas e informações sobre nutrição e emagrecimento você encontra no Fórum Doutíssima

 

Níveis de açúcar no sangue, ganho de peso e sono

Os níveis de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, aumentam durante a noite para equilibrar os níveis de glicose (açúcar)  no sangue. Desta maneira, se de uma forma geral não tivermos um sono de qualidade, a produção de insulina será diminuída e os níveis de glicose ( açúcar) no sangue subirão, o que aumenta as chances do desenvolvimento do diabetes e propicia o ganho de peso.

shutterstock_166135529

Uma boa e equilibrada noite de sono é fundamental, mas sem exageros, já que o sono em excesso contribui para a redução da queima calórica e contribui para o ganho de peso.Portanto, se você quer emagrecer de uma forma saudável, além de uma alimentação equilibrada , que inclui frutas, legumes, cereais e carnes magras, e da prática constante de atividades e exercícios  físicos,  Evitar comidas gordurosas,  refrigerantes e alimentos que contenham açúcar em excesso, auxiliam na perda de peso, previne e controla o diabetes e a pressão alta.

Problemas de insônia

O ganho de peso, como já dito, pode ser considerado uma das consequências da má qualidade do sono. Mas a insônia é também  considerado um problema de saúde, que dependendo dos casos, pode ser resolvido com mudanças de hábitos, como limitar o consumo de cafeína, principalmente nos períodos noturnos, não praticar exercícios físicos à noite, praticar atividades de relaxamento, tomar banhos mornos antes de dormir e evitar situações estressantes. É importante lembrar que seu médico seja consultado para maiores explicações sobre a insônia, suas causas e consequências, principalmente se você estiver usando medicamentos que possam influenciar na qualidade e na continuidade de seu sono.

 


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]