[the_ad_group id="16403"]
Sexualidade

Perca o nojo de sexo oral e dê prazer à sua companheira

Por Redação Doutíssima 01/12/2014

Muito se fala que boa parte dos homens têm nojo de sexo oral. O que não deixa de ser verdade. Segundo uma pesquisa feita pela empresa Sex Wipes com 1.252 homens entre 18 e 30 anos, 78% do público pesquisado recebe sexo oral frequentemente, mas apenas quatro em cada 10 homens costumam retribuir o sexo oral em sua parceira, e 35% deles tem nojo durante o ato.

 

nojo-sexo-oral

Retribuir o sexo oral na parceira é uma ótima maneira de proporcionar prazer. Foto: iStock, Getty Images

Por que vale a pena perder o nojo de sexo oral

Os homens não têm nenhum problema em colocar o seu pênis em uma vagina totalmente lubrificada, mas colocar a boca é outra história. O que tem de errado com a vagina para eles? A umidade, o formato, os pelos, os fluidos, o cheiro característico… Tudo isso é capaz de contribuir para que o homem tenha nojo de sexo oral.

Se você não se sente confortável em fazer sexo oral em sua parceira, saiba que isso limita o prazer que você dá a ela, já que a maioria das mulheres, assim como os homens, adora sexo oral. Ou seja, é altamente recomendável perder o nojo de sexo oral e conseguir explorá-lo para o prazer de sua parceira.

Lembre-se que a maioria das mulheres tem melhores e mais rápidos orgasmos através da estimulação do clitóris, e a língua é o melhor instrumento para isso, pois proporciona um toque leve e sutil.

 

Entendendo a vagina e perdendo o nojo de sexo oral

Podemos ter medo ou nojo do desconhecido e, por isso, se a única coisa que você sabe sobre uma vagina é que ela tem um orifício para a entrada do pênis, está na hora de aprender mais sobre ela. Quando a mulher está excitada, a vagina torna-se lubrificada para tornar mais fácil a penetração.

Esta lubrificação também altera a natureza química da vagina, tornando-a mais alcalina e menos ácida, um ambiente ideal para o esperma. O clitóris é o centro do prazer sexual feminino, ele é denso, com nervos e responde à estimulação por inchaço, assim como o corpo do pênis.

Já a vagina é um canal que se estende durante a excitação para acomodar os dedos ou pênis. Ao contrário do clitóris, não é particularmente sensível, embora através dela seja possível encontrar o ponto G feminino, que é outro local que proporciona muito prazer.

 

Como fazer um sexo oral em uma mulher

Agora que você já conhece a anatomia da mulher e sabe que não é preciso ter nojo de sexo oral, é hora de aprender a maneira correta de fazê-lo. A primeira coisa que você precisa saber é que ela deve estar relaxada para sentir todas as sensações. As preliminares, portanto, são essenciais.

Quando você começa a beijar e lamber sua vulva, comece pelas bordas exteriores dos lábios, depois lentamente beije os lábios internos e em torno da vagina. Logo é possível chegar ao clitóris, mas comece devagar, primeiramente estimulando a sua parte superior.

Outra dica importante para proporcionar um ótimo sexo oral em sua parceira é com os movimentos corretos da língua. Nada de apenas um movimento, de cima para baixo, por exemplo. Uma dica é lamber as letras do alfabeto, proporcionando muitas sensações em diferentes partes de sua região genital. Não esqueça de sugar o clitóris de vez em quando.

Viu que como não é preciso ter nojo de sexo oral? Ele pode ser tão prazeroso para elas quanto é para você.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]