[the_ad_group id="16401"]
Exercícios

Acidente de Sandra Annenberg mostra riscos dos exercícios em casa

Por Redação Doutíssima 04/12/2014

A jornalista e âncora do Jornal Hoje da Rede Globo, Sandra Annenberg, sofreu um acidente doméstico que a manteve afastada de suas atividades profissionais e pessoais. O acidente poderia ter sido ainda mais grave.

 

Ao praticar seus rotineiros exercícios em casa, ao lado da sua personal trainer, a jornalista acabou ferida com um haltere, que atingiu seu supercílio. Resultado? Ela precisou levar 25 pontos no local. Apesar do susto, Sandra Annenberg foi socorrida rapidamente pois não estava sozinha. Esta situação mostrou como estamos sujeitos a acidentes dentro de casa.

sandra-annenberg

Jornalista teve o supercílio atingido por um haltere. Foto: iStock, Getty Images

Como a região do supercílio sangra muito, Sandra Annenberg conta que ficou muito nervosa ao ver a quantidade de sangue que saía. Ela garante que o corte foi extenso e profundo e que teve muita sorte de ser rapidamente socorrida e levada ao hospital.

 

Outro fator de sorte é o haltere não ter causado lesões aos olhos, ou ter causado uma lesão mais séria no crânio, como um afundamento ou mesmo ter caído sobre a boca e quebrar alguns dentes.

 

Sandra Annenberg teve sorte

 

Grande parte dos acidentes domésticos poderia ser evitada com alguns procedimentos de segurança bem simples. Crianças pequenas e idosos são os mais suscetíveis aos acidentes em casa e você deve saber como evitá-lo ou menos diminuir os riscos.

 

Muitas vezes não se tem a sorte que a jornalista Sandra Annenberg teve e o caso pode se tornar muito sério. E não somente os exercícios físicos sem supervisão que podem causar danos sérios e irreversíveis. Veja alguns acidentes comuns e como pode evitá-los!

 

Caso de Sandra Annenberg alerta para riscos

 

1. Afogamentos

 

Esse vale especialmente para quem tem crianças e piscina em casa. É muito triste, mas é alto o índice de crianças que se afogam em casa, com lesões sérias e até morte.

 

No caso da piscina, a área deve ser isolada com cerca. Banheiras, baldes e piscinas infantis devem ser esvaziados após o uso.

 

2. Envenenamento

 

Produtos de limpeza, remédios e qualquer outro tipo de produtos tóxicos devem ficar fora do alcance dos pequenos. O mesmo cuidado vale para pessoas idosas que misturam ou se confundem com rótulos, pessoas com depressão grave ou doenças mentais.

 

3. Queimaduras

 

Enquanto o fogão está em uso, o ideal é não deixar as crianças na área da cozinha. Especialmente quando bem pequenas, elas não têm noção do perigo e podem tentar colocar a mão no fogo, nas grades ou mesmo puxar as panelas virando a comida fervendo sobre elas.

 

Fique de olho e se possível use mais as bocas de trás do fogão. O cuidado também vale para o ferro de passar roupas.

 

4. Quedas e escorregões

 

Esse item pode ter resultado semelhante ao acidente de Sandra Annenberg, causando machucados profundos e sérios. Este é um cuidado que vale para qualquer pessoa, mas especialmente crianças e idosos.

 

Para evitar as quedas das crianças, organize um canto de brincar seguro, sem locais onde se bater em pontas e quinas, longe de lajes ou sacadas. As janelas devem ter redes de segurança.

 

Na área de brincar, o ideal é ter um tapete tipo de EVA ou outro material macio para amenizar o impacto das pequenas quedas.

 

Para os idosos, evite colocar tapetinhos entre os ambientes para que não tropecem e acabem caindo. Não deixe ambientes molhados, especialmente o banheiro onde é fácil escorregar e bater na pia, no vaso sanitário… Prevenir é sempre melhor do que remediar!

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]