[the_ad_group id="16403"]
Estética

Cuidados para não exagerar na aplicação de botox no rosto

Por Redação Doutíssima 05/12/2014

O segredo da juventude eterna ainda não foi descoberto, mas as mulheres já sabem como atenuar os traços e retardar o surgimento das temidas rugas. Para isso fazem uso da toxina botulínica, ou simplesmente Botox. A aplicação de botox no rosto é capaz de agir nas linhas de expressão, na perda de elasticidade da pele e também nas rugas.

 

Isso porque a toxina é aplicada entre o nervo da face, que controla os movimentos, e o músculo, paralisando temporariamente a musculatura do rosto e permitindo que haja uma redução de pés de galinha, rugas na testa e acima das sobrancelhas e até na pele do pescoço.

 

aplicação-de-botox-no-rosto

A aplicação de botox combate as linhas de expressão no rosto. Foto: iStock, Getty Images

Entenda a aplicação de botox no rosto

 

Usada inicialmente pelos oftalmologistas no tratamento do estrabismo, a substância passou a ser uma aliada dos tratamentos estéticos na década de 1980. De lá pra cá, virou popular e é possível ser encontrada em consultórios do mundo inteiro.

 

A eficácia da aplicação de botox no rosto está diretamente ligada à manipulação do procedimento. A toxina é injetada na pele, em locais previamente demarcados, através de agulhas contendo pouca quantidade da substância.

 

Dependendo do caso, a paciente não chega a usar uma ampola do produto. A duração do botox varia de seis meses a um ano, e não há contraindicação quanto à idade. O resultado pode ser percebido nos primeiros dias após a aplicação e, passado o efeito, a paciente pode repetir a dose.

 

Aplicação de botox no rosto só por médico

 

Um dos problemas envolvendo a aplicação de botox no rosto está na manipulação errada da toxina – isso geralmente acontece quando não é um médico o responsável pelas injeções. Caso seja aplicado de forma equivocada pelo profissional, a paciente pode ficar com assimetria na face, como por exemplo, boca e sobrancelhas desniveladas, e até as pálpebras podem cair.

 

Nos locais onde o botox foi aplicado de maneira concentrada, pode acontecer de área ficar inchada e sem movimento.

 

O uso abusivo de aplicação de botox no rosto também pode deixar a pessoa sem expressão. Isso acontece porque, depois de várias sessões, o músculo tende a ficar mais resistente à toxina e a pele fica completamente esticada, dando a sensação de paralisia na face.

 

Se a aplicação foi feita de maneira correta, respeitando a periodicidade indicada pelo médico, esse efeito colateral não acontece.

 

Erros podem mudar fisionomia

 

Entre os casos mais famosos de uso indevido de botox no rosto estão o da socialite americana Jocelyn Wildenstein, que está com a face mais parecida com a de um felino, da cantora brasileira Elza Soares, que chama atenção pela boca e olhos deformados, e da estilista italiana Donatella Versace.

 

Donatella, que esteve recente no Brasil para participar do São Paulo Fashion Week, chamou atenção pela face totalmente desfigurada. Ela, que nunca fez questão de esconder que é adepta das cirurgias plásticas e da aplicação de botox no rosto, apareceu irreconhecível com longas madeixas loiras e lisas e boca inchada.

 

Pelo visto, a busca pela juventude não deu certo no caso de Donatella, já que seu aspecto atual está longe de uma mulher de 59 anos como ela.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]