[the_ad_group id="16401"]
Medicina Alternativa

Conheça os benefícios do funcho para a saúde

Por Redação Doutíssima 14/12/2014

Conhecido cientificamente como Foeniculum vulgare, o funcho é uma erva aromática e saborosa, que, além de sua aplicação na culinária, tem propriedades medicinais.

 

funcho

Funcho é uma erva que possui inúmeros benefícios medicinais. Foto: iStock, Getty Images

 

Saiba mais sobre o funcho

 

Além de seu uso popular como um aromatizador de ar, a erva ajuda a aliviar uma série de doenças, devido às propriedades antiespasmódicas, anti-inflamatórias, antimicrobianas, expectorantes, diuréticas, depurativas, anticancerígenas e antioxidantes que contém. Ela possui vitamina C, potássio, manganês, ferro, ácido fólico, e fibra. Também é rica em fito-nutrientes e tem uma elevada concentração de óleos voláteis.

 

Você pode se beneficiar destas propriedades do funcho usando esta erva na culinária, em chás e em sucos. Veja, abaixo, quais são os principais benefícios dessa erva para a saúde.

 

Principais benefícios do funcho

 

Acaba com o mau hálito

 

Mastigar algumas sementes de funcho vai adoçar e refrescar o seu hálito, principalmente depois de uma refeição. Suas propriedades antimicrobianas lutam contra os germes que causam o mau hálito. Já as suas propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias também aliviam dores nas gengivas. Além de mastigar as sementes, você pode fazer bochechos com chá morno da erva.

 

Auxilia a digestão

 

O funcho é altamente benéfico no alívio de problemas digestivos, como indigestão, distensão abdominal, flatulência, constipação, cólicas, gases intestinais, azia, e até mesmo síndrome do intestino irritável. Esta erva estimula a digestão e tem efeitos que acalmam o trato digestivo e previnem a formação de gases.

 

Além disso, possibilita a reconstrução do sistema digestivo após tratamentos de radioterapia ou quimioterapia. Simplesmente mastigar uma colher de chá dessas sementes após as refeições ajuda na digestão e alivia dores de estômago e inchaço. Para indigestão, você deve beber o chá da erva ou colocar meia colher de chá de sementes na água.

 

Reduz a obesidade

 

O funcho é excelente para o combate à obesidade, uma vez que suprime o apetite e cria uma sensação de saciedade. A erva fresca funciona como um inibidor de gordura natural, aumentando o metabolismo e atuando na quebra das gorduras.

 

Além disso, por ser um diurético, ajuda a reduzir a retenção de água, o que é uma causa comum do ganho de peso temporário. Uma maneira simples para facilitar a perda de peso com esta erva é assar, moer e peneirar as sementes da planta e consumir uma colher da farinha com água morna duas vezes por dia.

 

Protege contra o câncer

 

Esta planta também possui benefícios que diminuem o risco de desenvolver câncer de cólon, pois ajuda a eliminar as toxinas cancerígenas. Além disso, um estudo feito em 2012, na Universidade do Texas, descobriu que um fito-nutriente presente na erva pode impedir que as células de câncer de mama se desenvolvam.

 

Previne problemas cardíacos

 

Para reduzir o risco de ter um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral, basta incluir o funcho em sua dieta regular. Ele é uma boa fonte de potássio, que ajuda a diminuir a pressão arterial elevada, bem como o ácido fólico, que é necessário para a conversão de moléculas potencialmente perigosas, em uma forma benigna.

 

Além disso, a raiz de funcho crua é rica em fibra alimentar, que ajuda no controle do colesterol. A erva também contém vitamina C, que atua como um antioxidante e previne as doenças do coração por inibição da atividade dos radicais livres.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]