[the_ad_group id="16403"]
Medicina Alternativa

Conheça os melhores remédios caseiros com pata-de-vaca

Por Redação Doutíssima 18/12/2014

Árvore brasileira amplamente utilizada para o paisagismo, a pata-de-vaca apresenta belas flores e folhagem. O formato de suas folhas se assemelha ao da pata dos bovinos, por isso o nome popular. Trata-se de uma árvore de tronco espinhoso, com flores grandes e exóticas.

Seu nome científico é Bauhinia forficata Link, e ela é bastante conhecida, também, por seus princípios medicinais, principalmente pelos benefícios no tratamento da diabetes. As folhas são utilizadas para o preparo de chás e podem ser encontradas em casas de produtos naturais e farmácias de manipulação.

 

pata-de-vaca

Pata-de-vaca é uma planta medicinal que traz muitos benefícios à saúde. Foto: iStock, Getty Images

Natural da Amazônia, a pata-de-vaca aparece também no cerrado e na América Central. É muito utilizada, há séculos, pela população indígena dessas regiões. Para quem quer plantá-la, é importante fazê-lo na primavera, deixando um espaçamento de 8 x 8 metros. A época de floração é o momento ideal para colheita, devendo-se secar folhas, cascas dos ramos e flores à sombra.

 

Benefícios da pata-de-vaca

 

São inúmeros os benefícios dessa planta para a saúde. Ela é muito utilizada para auxiliar no tratamento de cálculos na bexiga ou nos rins, diabetes, hipertensão arterial, hemofilia, anemia, obesidade, doenças do coração e urinárias. Pesquisas científicas confirmaram o que a sabedoria popular já afirmava: a pata-de-vaca reduz os níveis de glicose no sangue com eficácia.

É através de uma substância presente em suas folhas, o flavonoide kaempferitrina, que ela estimula a absorção de glicose pelas células. Seu extrato é capaz, ainda, de reduzir os níveis de triglicerídeos e de colesterol total. Além dessas, conheça outras propriedades medicinais da pata-de-vaca:

– Diurética

– Depurativa

Analgésica

– Auxilia no emagrecimento

– Previne e trata anemia

– Trata doenças de rins, fígado, vesícula, estômago e baço

– Combate a diarreia

– Trata diurese

– Trata gota

– Combate a hemofilia

– Auxilia no tratamento de doenças do coração

– Auxilia no tratamento de doenças urinárias

– Trata a hipertensão arterial

– Estimula apetite

– Trata cálculos na bexiga

Chá de pata-de-vaca

O uso mais comum dessa planta é na forma de chás. O seu preparo é muito rápido, prático e fácil. Basta apenas ter em mão algumas das suas folhas secas. Confira, abaixo, como prepará-lo.

Ingredientes:

– Duas folhas de pata-de-vaca

– Meia xícara de água fervente

Modo de Preparo:

Acrescente as folhas da planta na água fervente e deixe repousar por 10 minutos em recipiente fechado. Coe e beba três vezes ao dia.

Efeitos colaterais

Como todo e qualquer remédio caseiro, o uso da pata-de-vaca para as diferentes indicações deve ser feito com cautela e sempre depois da consulta com o médico. Suas folhas são ricas em diferentes substâncias químicas, sendo que algumas são benéficas para nosso organismo e outras podem ser tóxicas se utilizadas de forma errada.

Um dos efeitos colaterais mais comuns do uso dessa planta é sua interação com medicamentos – ela potencializa a ação dos medicamentos para tratar o diabetes. Por isso, portadores de diabetes devem consultar o endocrinologista antes de iniciar o tratamento com a planta. Gestantes, lactantes e hipoglicêmicos não devem consumir a pata-de vaca.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]