[the_ad_group id="16403"]
Medicina Alternativa

Resolva o problema de plaquetas baixas com remédios caseiros

Por Redação Doutíssima 18/12/2014

Também chamadas de trombócitos, as plaquetas são células do sangue que se formam na medula óssea e são responsáveis pela coagulação do sangue. Elas ligam-se umas às outras, assim como as paredes de vaso arterial danificadas, e formam o coágulo. Quando se está com plaquetas baixas, isso não acontece, o que leva a hemorragias em caso de lesões. Descubra alguns remédios caseiros para aumentar as plaquetas e se livrar desse risco.

 

plaquetas-baixas

Remédios naturais ajudam a equilibrar o nível de plaquetas. Foto: iStock, Getty Images

 

Remédios caseiros para tratar plaquetas baixas

 

1. Alho

Rico no composto medicinal chamado alicina, o alho é muito eficiente para aumentar o sistema imunológico, o livrando você do problema de plaquetas baixas. Ele previne gripes e resfriados, age como anti-inflamatório e reduz a probabilidade da pessoa ter câncer.

Nesse tratamento, você deve preparar uma sopa de alho. Separe uma cabeça de alho, três ramos de salsa, uma batata, duas folhas de louro, um pouco de gengibre, meia colher (sopa) de chá de orégano e duas colheres (sopa) de azeite de oliva.

Comece tirando a casca da batata, cortando-a em tiras finas. O alho também deve ser picado em pequenos pedaços. Em seguida, rale a batata e o gengibre. Pegue uma panela e coloque no fogo com três xícaras de água, a batata e o gengibre. Cozinhe tudo. Depois, adicione a salsinha e o azeite. Se quiser, acrescente suco e sal marinho. Tome essa sopa três vezes por semana.

2. Folhas verdes

Fontes de vitamina K, que promove a saúde óssea, as folhas verdes aumentam o nível de hemoglobina do sangue circulante, ajudando a combater as plaquetas baixas. Adicione as folhas verde escuro e os vegetais em sua dieta, tanto na forma de salada como em sopas.

Couve, alface, espinafre, rúcula, brócolis e repolho são algumas das opções para seu cardápio. Com essa alimentação, seu sistema imunológico ficará forte, coagulando o sangue com eficácia.

3. Frutas e legumes

As frutas e legumes estimulam o seu organismo interno graças às suas vitaminas e minerais anti-oxidantes que resolvem seu problema de plaquetas baixas. Invista no tomate. A cenoura, beterraba e o aipo também são eficazes nessa tarefa.

A melhor maneira do seu organismo absorver todas as propriedades benéficas desses alimentos é por meio da ingestão deles na sua forma crua. Prepare-os em uma sopa ou creme somente se o paciente estiver muito fraco.

4. Água

Muitas doenças são causadas ou agravadas pela desidratação, uma vez que as células do sangue são feitas de água e proteína. Por isso, quanto mais você bebe água, mais produz as células sanguíneas, resolvendo o problema de plaquetas baixas.

Mas atenção: a água muito fria desacelera o ritmo do seu aparelho digestivo, o que afeta a absorção de nutrientes do organismo. Prefira a água em sua temperatura natural. Beba dois litros por dia, pelo menos.

5. Descanso

Quando seu nível de plaquetas não está alto, uma boa dica caseira é descansar, evitando o esforço, o que agilizará o processo de recuperação. Durma de sete a oito horas por noite, mas não fique trancado em casa. A vitamina D, nutriente necessário para o aumento de plaquetas, é produzido naturalmente no corpo quando há a exposição a luz do sol. Dê caminhadas quando o sol não estiver em seus horários de pico.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]