[the_ad_group id="16401"]
Filhos

Perguntas de crianças: aprenda como responder as mais complicadas

Por Redação Doutíssima 19/12/2014

Poucas coisas são tão engraçadas, ou embaraçosas, quanto perguntas de crianças. Elas vão crescendo e surgem as dúvidas e os questionamentos que colocam pais, professores e familiares em uma tremenda saia justa.

 

Mas, alguns especialistas indicam formas de contornar a situação e dão dicas de como responder perguntas sobre como nasceram, o que é transar, quem é Deus, sobre as diferenças entre as pessoas, o que são palavrões, entre outros.

 

perguntas de criança

É possível sair de situações embaraçosas criadas pela curiosidade dos pequenos. Foto: iSTock, Getty Images

 

Melhores respostas a perguntas de crianças

Fique calma, nem tudo está perdido e você não precisa bater cabeça na hora de responder a alguma coisa que parece o fim do mundo. Confira algumas situações frequentes e veja como responder às perguntas de crianças.

 

Como eu saí da sua barriga? Como eu nasci?

Saber como nasceu ou como saiu da barriga da mãe é uma dúvida frequente e está sempre na pauta das perguntas de crianças. Especialistas em educação e desenvolvimento infantil acreditam que a tradicional resposta de que o papai colocou uma sementinha dentro da barriga da mamãe, que se encontrou com outra sementinha e disto o bebê foi crescendo dentro da barriga ainda é a melhor solução. É uma linguagem que a criança pode entender, sem traumas.

 

Mas, dependendo da idade da criança, a resposta não vai ser suficiente e a curiosidade pode persistir. Explique que a sementinha da mamãe se chama óvulo e do papai espermatozoide. Se precisar de mais explicações, diga que o pênis do papai entra na vagina da mamãe para conseguir plantar essa sementinha. Se precisar dizer tudo isto, se esforce para falar em tom natural, não deixe a criança perceber constrangimento.  

 

Para explicar como saiu da barriga, diga que foi para o hospital e o médico a tirou de dentro. Se tiver marca de cesária, mostre. Se tiver nascido de parto normal, diga que ela saiu pela vagina e é assim que todo mundo nasce naturalmente.

 

Perguntas de crianças sobre sexo

Entre as perguntas de crianças sempre terá alguma relacionada a sexo ou afins. Isso porque escutam em conversas, na TV… Não tem como fugir disto. Se perguntar o que é transar, diga que é um ato entre pessoas que se amam e é desta forma que os bebês são feitos.

 

Quando perguntar sobre partes do corpo, sobre a diferença entre meninos e meninas, responda em uma linguagem que a criança possa entender, mas diga a verdade.

 

Questões sobre as diferenças

Essas são perguntas de crianças mais comuns a partir dos cinco anos de idade, quando começam avaliar que as pessoas possuem características diferentes. Por exemplo, um homem com trejeitos femininos, uma mulher um pouco mais masculina…

 

Se surgirem palavrões  em tons ofensivos relativos à opção sexual de alguém, explique que as pessoas têm jeitos e costumes diferentes. Explique que o certo é sempre falar a denominação correta como gay, homossexuais e lésbicas e que as diferenças devem ser respeitadas e não apontadas.

 

O mesmo discurso sobre a diferença entre as pessoas vale se as perguntas de crianças forem sobre a cor, raça, ou por que uma pessoa é gordo, muito alta, muito baixa…

 

Acrescente que as pessoas são diferentes e que cada um tem o seu jeito e suas características, se parecendo com os pais que tem. Exemplifique: você é assim, porque seus pais são de tal jeito e você se parece conosco.

 

Questões sociais também são frequentes, como a vontade de saber por que existem crianças pelas ruas. O ideal é não mentir. Diga que aquelas crianças foram parar nas ruas porque os pais ou a família não tiveram condições de cuidarem delas.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]