[the_ad_group id="16401"]
Medicina Alternativa

Conheça os benefícios medicinais da manjerona

Por Redação Doutíssima 22/12/2014

Nativa da Europa, a manjerona é símbolo de alegria. Os antigos gregos, por exemplo, usavam essa planta para tecer coroas aos recém-casados, como desejo de bonança. Muito usada na gastronomia, devido ao seu agradável aroma, ela também é conhecida por suas propriedades curativas. Conheça, abaixo, os principais benefícios medicinais dessa erva.

 

manjerona

Manjerona, além de saboroso tempero, é ótima para a nossa saúde. Foto: iStock, Getty Images

 

Benefícios medicinais da manjerona

 

1.Analgésico

A  manjerona age como analgésico e calmante, graças às suas propriedades sedativas e expectorantes. Essa erva ameniza a dor associada à febre, esforço muscular, dor de dentes e cabeça. Ela ainda desobstrui as vias respiratórias, por meio de massagem com óleos essenciais no peito e nas costas.

A planta também é um forte anti-infeccioso. Preparando um chá com suas folhas, é possível combater a irritabilidade, estresse, ansiedade e agitação. Basta bebê-lo duas vezes ao dia e manter esse hábito regularmente.

2. Anti-espasmódico

A característica anti-espasmódica dessa planta medicinal, somada ao poder sedativo, alivia as contrações musculares involuntárias – os espasmos -, e as consequências que eles trazem. Causados pelo uso excessivo do músculo ou desidratação, os espamos podem acontecer esporadicamente ou serem ligados a alguma patologia. A manjerona atua diretamente nos músculos, relaxando-os, e também é eficaz para prevenir convulsões e cóleras espasmódicas.

3. Carminativo

São as propriedades anti-espasmódicas e relaxantes da manjerona que a tornam carminativa, ajudando a eliminar os gases presos no tubo digestivo e intestino. Ela garante a evacuação dos gases ao relaxar os músculos abdominais. Devido a isso, outras disfunções, como má digestão, náuseas, dor de estômago e flatulência, são evitadas. Problemas gástricos como o arroto também são amenizados com o consumo regular da planta.

4. Sudorífico

Essencial para a manutenção da temperatura corporal, o suor evapora a água que se formou na pele, aliviando a sensação de calor. Mas quando em excesso, pode se tornar um incômodo. A manjerona ajuda a regular esse processo, promovendo uma transpiração adequada, enquanto remove as toxinas de sódio e sais. A planta medicinal também é indicado para casos febris, agindo da mesma maneira, ao baixar a temperatura do corpo.

5. Diurético

Problemas de retenção de líquidos e nos rins, como cálculo renal e cistite, podem ser resolvidos com as propriedades curativas dessa planta medicinal. Ela atua aumentando a frequência de micção e urina, removendo a água em excesso, sódio, ácido úrico, sais biliares e outros tóxicos que ficam retidos no organismo, além de ajudar a baixar a tensão arterial e limpar os rins. Caso você não sofra de retenção de líquidos e opte por esse tratamento, aumente o consumo de água, para evitar a desidratação.

6. Vasodilatador

Um ataque cardíaco acontece quando o fluxo de sangue a uma seção específica do músculo ligado ao coração fica obstruído, gerando a falta de oxigênio para essa parte do órgão. A manjerona age como vasodilatador, ampliando e relaxando os vasos sanguíneos, tornando mais fácil o fluxo de sangue. Também reduz a tensão arterial, levando o oxigênio e os nutrientes através do sangue sem grandes complicações, e evita derrame cerebral.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]