[the_ad_group id="16401"]
Medicina Alternativa

Conheça os benefícios medicinais do elixir paregórico

Por Redação Doutíssima 23/12/2014

Elixir paregórico é uma tintura de iodo canforada, empregada como calmante de dores intestinais desde a antiguidade. Paregórico dá nome a tudo que suaviza ou acalma dores. Dessa forma, é indicado como antiespasmódico, contra gases, dores estomacais e dores intestinais.

 

Saiba mais sobre o elixir paregórico

 

No mercado, está disponível em vários laboratórios e apresenta-se como um líquido castanho transparente, de odor característico de anis e cânfora. Seu sabor é picante, alcoólico e com predominância de anis.

 

elixir-paregorico

Elixir paregórico ajuda a combater problemas gastrointestinais. Foto: iStock, Getty Images

Sua fórmula traz, em cada ml, 0,05 ml de tintura de Papaver somniferum L, que é o princípio ativo da planta tem esse nome científico. Ainda 0,5 mg de morfina e outros excipientes como ácido benzóico, cânfora, essência de anis, álcool etílico e água de osmose reversa.

O ópio, que em grego quer dizer “suco”, é obtido a partir de um líquido leitoso da cápsula verde da papoula (Papaver somniferum), planta que cresce naturalmente na Ásia. Originária do Mediterrâneo e Oriente Médio, é também chamada de “dormideira”, devido às suas características e efeitos calmantes e sedativos.

As ações terapêuticas do ópio são conhecidas há milhares de anos. Este princípio ativo contém, além da morfina, 25 alcaloides, mas somente alguns deles, incluindo a morfina, codeína e papaverina, possuem ação farmacológica comprovada e utilidade clínica.

De acordo com alguns laboratórios que fabricam e comercializam o elixir paregórico, mesmo após o isolamento da morfina e das demais substâncias presentes no ópio, preparações contendo extrato de ópio continuam a ser utilizadas ainda hoje, principalmente este tipo de tintura de ópio canforada.

 

Benefícios do elixir paregórico

 

Essas preparações são empregadas principalmente nos distúrbios gastrointestinais e possuem vantagens em relação à morfina isolada. Além da morfina, o elixir paregórico contém a papaverina, que possui ação antiespasmódica.

As ações farmacológicas proporcionadas por este produto – destacando-se seus efeitos analgésicos e a redução do trânsito gastrintestinal – certamente decorrem de uma ação sinérgica de seus principais constituintes, principalmente dos alcaloides papaverina, morfina e codeína.

Ainda segundo alguns fabricantes, a papaverina, devido às suas ações antiespasmódicas, através da inibição de canais de cálcio, é um dos principais constituintes responsáveis pelas ações do elixir paregórico. Estes resultados foram observados in vivo e confirmam que grande parte dos efeitos inibitórios sobre o trânsito gastrintestinal causado pelo produto decorre da presença desse alcaloide.

O elixir paregórico não deve ser utilizado por pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, nem por pessoas com diarreia aguda ou em crianças menores de 12 anos. Também não é recomendado seu uso durante a gravidez e lactação, sem orientação médica.

O líquido deve ser ingerido diluído em água na proporção de 1 ml, que equivale a 20 gotas, ou, em casos mais severos, 40 gotas, três vezes ao dia. A ingestão de bastante água durante o tratamento também é indicada.

Pode-se aumentar a quantidade de doses, desde que não se exceda 160 gotas diárias. Em estudo pré-clínico realizado com o elixir paregórico, os efeitos adversos encontrados foram de baixa intensidade e somente observados em doses acima do recomendado na posologia.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]