[the_ad_group id="16401"]
Medicina Alternativa

Conheça os benefícios medicinais da quebra-pedra

Por Redação Doutíssima 26/12/2014

A quebra-pedra é uma planta bastante característica da região amazônica. Ela adquiriu esse nome após ser utilizada por muitos anos pelos indígenas para a remoção e eliminação de cálculos biliares e renais – ou seja, é uma planta que possui propriedades para quebrar a pedra, ou as pedras. Porém, a erva possui ainda outras grandes propriedades que a tornam uma excelente opção de remédio caseiro.

Saiba mais sobre a quebra-pedra

Essa erva atua em diversas outras condições, como no equilíbrio, desintoxicação, fortalecimento e proteção dos sistemas hepático e renal, podendo reduzir o ácido úrico e aumentar a micção. Além disso, possui propriedade antivirais, que a tornam uma opção para combater vírus como os das hepatites A, B e C, da herpes e, inclusive, do HIV.

quebra-pedra

A quebra-pedra é uma planta muito eficaz para combater o cálculo renal. Foto: iStock, Getty Images

Por fim, o consumo da quebra-pedra pode levar a uma redução dos níveis de colesterol ruim no corpo humano. Quer conhecer um pouco mais sobre esses benefícios medicinais dessa planta? Confira abaixo.

Benefícios medicinais da quebra-pedra

Pedras nos rins

Esse talvez seja um dos maiores benefícios que essa planta proporciona, já que é nele que seu nome está inspirado, e deve-se ao seu efeito antiespasmódico, que causa um relaxamento na musculatura do trato urinário e auxilia a expulsar os cálculos renais.

A quebra-pedra realmente é capaz de fazer o bloqueio da formação dos chamados cristais de oxalato de cálcio, que é o nome técnico para os tão temidos blocos de pedras nos rins. Uma pesquisa feita em 2002, por exemplo, analisou o avanço dos blocos de pedras nos rins de ratos ao longo de 42 dias, tratando-os com o chá dessa erva. E o resultado foi bastante animador: indicou uma inibição na quantidade e no crescimento desses blocos.

Essas conclusões foram ratificadas por outro estudo, esse de 2003, no qual estudiosos observaram que a quebra-pedra pode não apenas acabar com os cálculos renais, mas também preveni-los.

Outros benefícios

Além desse benefício clássico, a quebra-pedra tem a capacidade de aumentar a secreção de ácidos biliares na vesícula, o que pode reduzir bastante os níveis de colesterol e triglicerídeos – pesquisas, até o momento, foram feitas apenas em ratos, mas é notório que essa planta é capaz de ajudar a desintoxicar o organismo e a reparar danos causados ao fígado em pessoas que têm ou tiveram icterícia ou hepatite.

Ainda são bastante conhecidas as propriedades hipoglicemiantes da erva, já que ela contém o chamado ácido elágico. E esse princípio ativo pode ser bastante benéfico para pacientes que tenham diabetes, por exemplo, uma vez que estudos indicaram que o seu consumo pode acarretar uma sensível diminuição nos níveis de açúcar no sangue.

Em razão de suas propriedades antivirais, acredita-se que a quebra-pedra possa ser bastante útil no tratamento de diversas doenças causadas por vírus.

Por fim, vale destacar que nos dias atuais há grande esperança de que a planta possa ser utilizada no tratamento contra vários tipos de câncer. Isso porque cientistas acreditam que, em razão das substâncias nela contida, a planta é capaz de ser importante aliada na frenagem da reprodução de células cancerígenas.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]