[the_ad_group id="16401"]
Amor e Sexo

Dicas de paqueras: como conquistar o seu gato

Por Redação Doutíssima 27/12/2014

Não é todo mundo que chega numa festa ou evento e em cinco minutos já está de papo com o gato mais lindo do lugar. As dúvidas de como fazer para conquistar um gato fervilham na sua mente com a mesma intensidade que o medo de levar um não. É para superar estes entraves que separamos algumas dicas de paqueras.

As melhores dicas de paqueras

Primeiro você precisa saber o que quer. Se é só uma paquera mesmo, não precisa de muita coisa. Bastam alguns olhares, seguidos de uma aproximação, um “oi”, e depois disso partir direto para amassos, beijos e tal. Mas se você tem a pretensão de, quem sabe, descolar um futuro namorado, aí a conversa é diferente, é mais demorada e requer alguns cuidados especiais.

dicas-de-paquera

Tome a iniciativa, mas só vá em frente se realmente tiver interesse nele. Foto: iStock, Getty Images

A primeira entre as principais dicas de paqueras é relaxar e curtir a festa antes de qualquer coisa. Isso facilita para quem vai abordar ou ser abordado. Depois disso, prepare-se. Ele chegou? Ótimo. Ele responde aos olhares e sorrisos e não vem? Então tome a iniciativa, afinal, ele já deu sinal positivo, não vai cortar agora.

Durante o papo, não queira extrair dele sua autobiografia, caso contrário vai assustar ele, então de nada vão valer todas estas dicas de paqueras. Fale um pouco de você (evitando assuntos polêmicos, como ex-namorados). Experimente assuntos como viagens, shows e filmes. O segredo nesta fase é deixar a conversa chegar ao auge e voltar para o seu grupo. Se ele ficou a fim, vai atrás.

O jargão “seja você mesma” também vale aqui. Busque interesses comuns e a conversa vai ficar mais interessante, e mais intensa, e as luzinhas vão se acendendo e quando você ver, quem sabe estará diante daquele com quem será feliz pra sempre.

Botando em prática as dicas de paqueras

Outra boa dica entre as dicas de paqueras é trocar a lista de qualidades que você quer no seu amado, pela lista do que ele não pode ter. Assim, você elimina possibilidade de deixar passar pessoas interessantes e grandes amores em potencial. E assim que ele tropeçar no primeiro dos seus critérios, corte na hora, para não vai gastar seu precioso tempo com quem não combina com o que você quer.

Jogue fora velhas lembranças. Se você não abrir o coração e fazer uma faxina nele, dificilmente vai despertar a conquistadora que existe dentro de você. Isso é como um reboco que você passa no corpo. Ninguém vai ver nada, a não ser uma parede de cimento pichada com frases do tipo “sou feia”.

E aí não adianta chorar e continuar a repetir velhos bordões do tipo “ninguém me ama” e “ninguém me quer”. Tirar a carapuça vai acender refletores em volta de você e chamar a atenção de todos.

E finalmente, preste atenção na teoria que diz que príncipe encantado não vem pelo correio, nem bate na porta com um sapatinho de cristal na mão. Por isso, saia da toca, ou ninguém vai ficar sabendo que você está disponível para paqueras ou namoros. A não ser que seu interesse seja no vizinho do lado. Esperamos ter ajudado com estas dicas de paqueras. Vá em frente. Seja feliz.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]