[the_ad_group id="16403"]
Amor e Sexo

Namoro online pode ser bom? Veja como curtir o momento

Por Redação Doutíssima 28/12/2014

Pesquisas entre usuários de internet apontaram recentemente que 30% dos internautas têm nas redes virtuais o lugar ideal para encontrar namorado ou namorada. O estudo foi realizado pelo Serviço Mundial da BBC, com perto de 11 mil usuários, de 19 países. Esse dado vem comprovar que, além de material de trabalho e ferramenta de lazer, a internet passa a ocupar, também, o papel de cupido. Mas aí vem a inevitável pergunta: um namoro online pode dar certo?

Discernimento é fundamental no namoro online

Antes de mais nada, se a sua intenção for especificamente arrumar um parceiro e você buscar os cadastros em sites de relacionamento, tome cuidado com o chão onde está pisando. Busque informações com pessoas que tiveram uma boa experiência de namoro online nesse site, depoimentos na internet, artigos, matérias sobre o site e outros meios de levantar informações.

namoro-online

Confiança e sinceridade são fundamentais para namoro online dar certo. Foto: iStock, Getty Images

Tente manter sempre uma conversa franca com seu parceiro virtual. Dê um tempo na rede, antes de se aventurar pessoalmente. Mas aproveite esse tempo para conhecer melhor o outro. Afinal, assim como mentiras e desilusões, o namoro online também pode te trazer um príncipe encantado.

O que você precisa é conversar bastante para conhecer a personalidade daquele com quem você assumiu um compromisso. Muitos casais, depois de um bom tempo namorando virtualmente, fizeram daquela relação uma forma tão saudável de namorar, que o romance terminou em casamento.

Tente manter sempre um “pé atrás” nas suas relações de namoro online. Um bom perfil pode não significar que aquele é exatamente o que está dizendo ali. E, se você quer que seja feita uma boa seleção em relação ao seu próprio perfil, não dê uma se insegura, pois são os alvos prediletos de golpistas e cafajestes.

Cuidados em um namoro online

Deixe para se apaixonar de verdade depois que os encontros presenciais começarem a acontecer. Até lá, tenha paciência e busque o maior número de informações possível do seu parceiro. Tome cuidado ainda com a troca de fotografias pela rede. Lembre-se que estas fotografias podem parar numa rede pública, e aí já era.

Falar a verdade com o namorado virtual é uma dica bem interessante também, embora você deve lembrar que aquela pessoa que está do outro lado da rede pode não ser tão sincera assim. É um risco que se corre, mas isso não é exclusividade do namoro online. Pode acontecer também no romance presencial. Pense que esse tipo de relação pode ser saudável.

O namoro virtual certamente vai despertar a saudade, mas esse é um sentimento que enriquece um relacionamento. Também permite formas criativas para acabar com ela, como o sexo virtual, por exemplo, que aquece, e muito, um futuro encontro a dois. É uma oportunidade também para trabalhar a sua segurança, uma vez que você não está perto do amado e vai ter que aprender a se controlar.

O que vale então é aproveitar este lado bom e estar ciente dos riscos. Fora isso, viva essa grande relação, que pode evoluir para uma paixão, um noivado, um casamento, um amor eterno. Basta estar alicerçada no amor, na persistência e, sobretudo, na confiança.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]