[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Conheça os principais problemas de visão e como tratá-los

Por Redação Doutíssima 02/01/2015

Os problemas de visão são bastante comuns em todo o mundo. Seja pela vista embaçada ou algum prejuízo decorrente de alguma doença, a saúde dos olhos pode ser afetada de modo leve, grave ou até mesmo com perda completa.

 

O que causa problemas de visão

Entre as causas dos transtornos nas vistas, estão alterações provocadas por doenças oftalmológicas, pelo processo de envelhecimento, machucados no olho ou outros problemas que venham a afetar os órgãos, como a diabetes.

 

problemas de visão

A maioria dos problemas de visão pode ser resolvida com o uso de óculos. Fotos: iStock, Getty Images

Conheça os principais problemas de visão

A maioria dos problemas de visão pode ser corrigida com o uso de óculos. No entanto, alguns são mais complexos e demandam cuidados maiores. Conheça alguns dos principais e descubra suas formas de tratamento.

 

1. Miopia

A pessoa com miopia tem dificuldade em enxergar com nitidez, principalmente de longe. Para perto, é normal não encontrar problemas. Geralmente, os primeiros sinais se manifestam no míope através do franzimento dos olhos, dificuldade em ler placas e outdoors, escrita muito próxima ao papel ou do computador, entre outros.

Esse é um dos problemas de visão que pode ser corrigido com óculos de grau, com lentes negativas (mais espessas nas bordas que no meio). Quanto menor o diâmetro das armações, melhor, já que ele não consegue enxergar bem à distância.

 

2. Hipermetropia

O cansaço na visão da pessoa com hipermetropia acontece porque ela não consegue enxergar muito bem de perto. Os primeiros sintomas se manifestam através da fadiga ocular e dores de cabeça, principalmente após atividades que exigem concentração visual, como aula ou trabalho, já que a dificuldade é para enxergar o que está próximo.

Como se esforçam muito para conseguir focalizar as imagens no computador ou na leitura, os hipermetropes se sentem desgastados após o esforço. Os óculos resolvem esse problema. As lentes são positivas, ou seja, mais grossas no meio e menos espessas nas bordas. Quando os graus são altos, recomenda-se usar armações com aro mais fechado para disfarçar as bordas.

 

3. Astigmatismo

Esse é outro dos problemas de visão que pode ser tratado com uso de óculos. O astigmata não consegue enxergar direito nem de perto nem de longe. Sua percepção não é nítida para identificar contrastes entre linhas, sejam elas oblíquas, verticais ou horizontais.

O astigmatismo se manifesta com a confusão de letras e números, que dificultam a leitura de um texto. Além disso, se associado à miopia ou hipermiopia, o problema pode causar dores de cabeça e cansaço visual. O problema do astigmatismo é a visão embaçada.

 

4. Presbiopia

Chamada também de vista cansada, a presbiopia é uma mudança natural da visão. Geralmente, acontece depois dos 40 anos, quando o cristalino fica com uma elasticidade menor e se contrai, dificultando a visão para perto.

A necessidade de luz sobre o objeto de leitura, a dificuldade em ler bulas e etiquetas, o cansaço para leitura do jornal ou revistas são alguns dos sinais da presbiopia. Como outros problemas de visão, este também pode ser corrigido com o uso de óculos. A lente costuma ser progressiva, para corrigir todas as distâncias sem distinção.

 

Como tem por objetivo recuperar a visão para perto, média distância e longe, nem todos os óculos são eficientes. Por isso, é necessário consultar um bom oftalmologista e usar lentes que deem conta do problema, que não implica em todas as atividades do cotidiano.

 

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]