[the_ad_group id="16401"]
Filhos

Dor de cabeça em criança: identifique as causas para tratar

Por Redação Doutíssima 08/01/2015

A dor de cabeça é um dos problemas de saúde mais comuns do mundo. Se para os adultos já é desconfortável, dor de cabeça em criança pode ser igualmente incomoda.

Enquanto nessa fase as reclamações podem ser recorrentes, nunca se deve ignorar quando uma criança reclamar de dor de cabeça, os motivos podem ser tanto emocionais como físicos, ou até sintoma de algo mais grave.

 

dor de cabeça em crianças

Nunca ignore o sintoma: dores podem ser de origem psicológica ou física. Foto: iStock, Getty Images

 

Causas da dor de cabeça em criança

Os motivos para dor de cabeça em criança podem ser os mais variados. Fique atenta aos sinais:

  • Uso exagerado de computadores, videogames, televisão ou aparelhos sonoros
  • Efeito de medicamentos
  • Alimentação desequilibrada
  • Poucas horas de sono
  • Alterações hormonais
  • Estresse, ansiedade ou depressão
  • Desidratação
  • Cheiro de substâncias fortes, como por exemplo ambientes com fumantes
  • Problemas de visão
  • Ruídos fortes

Outra causa para dor de cabeça em criança pode ser sintoma de alguma infecção no ouvido, gripes ou infecções urinárias.

 

Prevenção da dor de cabeça em criança

É importante que a criança tenha uma vida saudável e equilibrada, porque isso irá ser refletido no seu organismo e seu bem estar.

Uma alimentação balanceada esta entre uma das principais formas de prevenção à dor de cabeça em criança. Ficar muito tempo sem comer ou ingerir muito açúcar, café, chocolate ou gorduras agrava as dores.

Boas noites de sono e tempo para brincar são essenciais. A criança precisa ter tempo de ser criança, e depois repor as energias do dia, o que evita também o estresse.

Caso a criança tome algum remédio, procure descobrir os efeitos colaterais com um médico. E nunca medique seu filho por conta própria, se as dores forem muito intensas leve ele à um pediatra.

Tratamento

As terapias medicamentosas para tratar a dor de cabeça em criança devem ser prescritas pelo pediatra ou neuropediatra do seu filho. Pode incluir analgésicos comuns ou remédios específicos para tratamento de enxaquecas.

O que deve ser observado na hora de buscar o tratamento é se as dores estão frequentes e quanto tempo as crises duram. O médico deve ser avisado caso a criança tenha ingerido algum medicamento diferente nos últimos dias ou tenha comido algo que não esta acostumada, e por último, o que a criança estava fazendo quado a dor começou.

 

 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]