[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Saiba o que é desidratação e como preveni-la no verão

Por Redação Doutíssima 10/01/2015

Você sabe o que é desidratação? É uma perda excessiva de líquido do organismo, quando o corpo não consegue ingerir água suficiente para recompor o mínimo necessário. Ela acontece quando não repomos água ou outros fluídos que permitem que nosso organismo funcione corretamente.

 

o que é desidratação

Perda excessiva de líquidos marca o quadro de desidratação. Foto: iStock, Getty Images

 

Perdemos água diariamente, em várias situações do cotidiano, ao suarmos, urinarmos, quando defecamos e até mesmo respirando, sob forma de vapor. Por isso, se não repormos os líquidos, ficamos desidratados.

Além da água, vários sais minerais compõem nosso organismo. Eles nutrem as células e garantem o funcionamento correto de todas as propriedades orgânicas.

O que é desidratação leve e severa

Você sabe diferenciar o que é desidratação leve e o que é desidratação severa? Já sabemos que, em geral, estar desidratado é não ter a quantidade necessária de água no organismo, desequilibrando o funcionamento interno do nosso corpo.

Porém, os sintomas são diferentes quando ocorrem os tipos leve e severo do problema, distinguindo-se principalmente pelo risco de morte.

Na desidratação leve (ou moderada), a pessoa geralmente fica com a boca seca, com aspecto pegajoso, está sempre com sede intensa e permanece sonolenta ou cansada (menos ativa que o comum). Além disso, os sintomas incluem: pele ressecada, poucas lágrimas, redução da urina, dores de cabeça, tonturas, vertigens e prisão de ventre.

A desidratação severa requer atendimento médico urgente, pois pode causar morte. Ela se manifesta através de: boca, pele e membranas muito secas, urina bastante amarela (quando houver), olhos fundos e com olheiras, irritabilidade, confusão, dores de cabeça, sede extrema, preguiça extrema, pressão baixa, rápidos batimentos cardíacos, febre e nenhuma lágrima.

Além disso, a elasticidade da pele é comprometida, deixando-a com aspecto seco e murcho. A respiração rápida é um dos sinais preocupantes, que pode levar a pessoa desidratada ao delírio e falta de consciência.

Preste muita atenção para identificar o que é desidratação, pois a sede nem sempre é o único fator determinante para diagnosticá-la. Verifique entre os primeiros sinais a cor da urina: quando é clara, o corpo está bem hidratado; se for amarela ou escura, pode ser sinal de que você está desidratado.

Saber o que é desidratação ajuda na prevenção

Depois de descobrir o que é desidratação, fica mais fácil proceder com medidas preventivas contra o problema. Beber água é sempre a melhor maneira de prevenir. Ingira quantidades extras, principalmente quando estiver ao ar livre, suando ou sob o sol.

Pessoas que trabalham com construção, movimentação intensa e atletas precisam repor a quantidade de água no organismo com maior frequência. Procure não se exercitar em dias de muito calor ou quando a umidade do ar está muito baixa.

O álcool aumenta a perda de líquidos através da urina, por isso evite seu consumo. Se o clima está quente, ele pode ser ainda mais perigoso. Garanta que idosos, mães amamentando e crianças tenham acesso à água potável e consumam líquidos com frequência.

Não permaneça exposto ao sol por muito tempo. Busque sempre ambientes frescos e com sombra. Evite sentir muito calor, utilizando roupas claras, soltas e confortáveis.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]