[the_ad_group id="16403"]
Receitas

Os benefícios do chá de alecrim

Por Redação Doutíssima 16/01/2015

O chá de alecrim é um remédio natural e fitoterápico que traz vários benefícios à saúde. É conhecido também como a erva da alegria, pois possui óleos que produzem os neurotransmissores, substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar.

chá de alecrim

Conhecida como erva da alegria, a planta tem inúmeras aplicações. Foto: iStock, Getty Images

Além de medicamento, a planta também é utilizada na fabricação de aromatizante de ambientes, e é ótima como tempero para pães, carnes e molhos, porque ressalta o sabor destes alimentos.

Problemas que o chá de alecrim combate

 

Desde a Idade Média, o chá de alecrim é popular pelo seu poder de rejuvenescimento, entretanto, há outros benefícios que o composto traz para nossa saúde. Entre os principais e mais importantes, podemos citar:

Diminuiu os sintomas da TPM e gases intestinais: por ter ação cominativa ele auxilia na prevenção do acúmulo de gases no intestino que causam a sensação de desconforto. Outro benefício é a facilitação da menstruação e, por consequência, o alivio das cólicas menstruais.

 

Alivia a tosse, gripe, bronquite e asma: a planta tem uma ótima ação expectorante, por isso o ele contribuiu para o tratamento de gripes e alivia crises de asma e bronquite.

 

Previne problemas cardíacos: pelo fato de possuir elementos que contribuem para a melhor circulação sanguínea, a planta é um instrumento eficaz no combate a pressão alta.

 

Combate ao estresse: suas substâncias antioxidantes contribuem não só para o rejuvenescimento, como também para relaxar os nervos e músculos e fazer a circulação sanguínea. Este conjunto de benefícios estimula o sistema nervoso e fortalece a memória e a capacidade de concentração.

 

Digestão: por conter cálcio, ferro, magnésio, sódio, bem como outros minerais e vitaminas, o composto tem ação diurética e digestiva. Ele alivia os sintomas da má digestão e ajuda na perda de peso e na limpeza do fígado.

Além do chá de alecrim, a planta pode ser utilizada em forma de tinturas ou óleos, que também são benéficos à saúde. Algumas das vantagens de consumir a tintura, por exemplo, é o combate a hemorroidas, no qual o tratamento perdura por dez dias.

O mau hálito e a queda de cabelo são evitadas com a aplicação da planta com água nos locais. Para dores articulares, contusões ou tendinites pode-se fazer compressas do produto em natura na região afetada, ou aplicar óleos feitos com a essência da planta.

Contraindicações do chá de alecrim

 

Não é recomendado que crianças menores de 12 anos de idade consumam o chá de alecrim, bem como mulheres grávidas ou em fase de amamentação. Pacientes prostáticos, com diarreia ou histórico de convulsões, também não podem ingeri-lo.

O composto tem alto poder digestivo, e seu consumo em excesso causa problemas de irritações gastrointestinais e nefrite. Produtos derivados, como aromatizantes e óleos essenciais, podem causar alergia na pele (ou rinite) em algumas pessoas.

 

Como preparar

 

Fazer o chá de alecrim é simples e rápido. Coloque algumas folhas secas da planta em uma panela e as ferva com água, sem adicionar açúcar. Antes de beber, deixe a mistura descansar por 15 minutos. Para atingir os benefícios, tome de três a quatro xícaras por dia, no intervalo das refeições.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]