[the_ad_group id="16401"]
Pele

Aprenda a prevenir fungos na pele

Por Redação Doutíssima 21/01/2015

Os fungos na pele são causados por micro-organismos que, embora mais frequentes no verão, também podem ocorrer em outras épocas do ano. Geralmente eles se proliferam em regiões do corpo nas quais há mais presença de umidade e suor.

 

As ocorrências mais comuns são nas axilas, entre os dedos dos pés e virilha, mas também podem ocorrer no couro cabeludo e unhas. Em pessoas com excesso de peso, há ocorrência em regiões com mais gordura, nas quais se formam as “dobrinhas”.

fungos na pele

Os fungos na pele podem ser evitados por meio de medidas simples. Foto: iStock, Getty Images

10 cuidados para evitar fungos na pele

 

Os fungos na pele, embora não sejam doenças graves, mas sim superficiais e de fácil tratamento, causam desconfortos como coceiras, ressecamento da pele e vermelhidão. Por isso, para evitar contrair o micróbio, tome os seguintes cuidados:

 

  1. Seque-se bem após o banho, principalmente as regiões onde os fungos na pele são mais frequentes.
  2. Evite esfregar o corpo com muita força ao secar-se. Passe a toalha suavemente para não danificar a pele.
  3. Não ande de pés descalços em locais muito úmidos.
  4. Quanto tomar banho de piscina ou de mar não permaneça por longos períodos com a roupa molhada no corpo.
  5. Mantenha sua higiene pessoal em dia.
  6. Em dias quentes, procure não usar calças e bermudas apertadas. Elas aumentam a temperatura da região vaginal e podem causar a proliferação de micro-organismos.
  7. Se você sofre de suor nos pés, procure usar talcos e meias de algodão para facilitar a transpiração da região.
  8. Quando for à manicure leve sempre seus materiais pessoais. Usar o mesmo alicate, lixa de unha ou outro instrumento coletivo, também pode gerar a contaminação.
  9. Antes de usar roupas novas ou emprestadas, lave-as com água quente para matar micróbios que possam estar alojados nos tecidos.
  10. Prefira usar sabonetes com PH neutro, pois eles garantem uma maior e melhor limpeza de sua pele.

 

Tratamentos para os fungos na pele

 

O mais indicado é que quando notado a presença de fungos na pele se procure um médico. Ele poderá diagnosticar o tipo de micróbio que o afetou e o tratamento adequado.

 

No tratamento poderão ser utilizados remédios orais ou pomadas, xampus e cremes antifúngicos. Em casos mais graves, nos quais a infecção já não é mais superficial e atingiu níveis mais profundos da pele, talvez seja necessária a realização de injeções.

 

Alguns tratamentos caseiros, como compressas de sal com água sobre a região afetada, banhos em banheiras com água e um xícara de sal, ou ingerir dentes de alho, também são eficazes na eliminação destas bactérias ou no alívio de coceiras.

 

Na maioria dos casos os medicamentos antifúngicos não tem contraindicações médicas, a não ser que o paciente seja alérgico a alguma substância ou tenha doenças crônicas, como hipertensão ou diabetes. Por isso, consulte um médico antes de ingerir qualquer remédio.

 

O tratamento dos fungos na pele não tem um tempo determinado. Dependendo do caso ele pode durar semanas ou meses, conforme a intensidade da bactéria na pele.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]