Dança

Conheça as peculiaridades da dança flamenca

Por Redação Doutíssima 17/03/2015

Além de muito sensual, a dança flamenca é uma ótima opção de exercício físico. Elemento característico da cultura espanhola, a modalidade é uma forma divertida de cuidar do corpo.

A dança é um treino eficaz, no qual a maioria dos músculos do corpo são usados. Além disso, o exercício de origem espanhola é capaz de melhorar a postura, a resistência, a agilidade e a flexibilidade.

danca flamenca

O flamenco é uma dança que pode ajudar a melhorar a flexibilidade do corpo. Foto: iStock, Getty Images

Benefícios da dança flamenca

Se você está procurando uma atividade física, considere esse tipo de dança como uma opção. Não bastasse oferecer um ótimo trabalho cardiovascular, na dança flamenca os benefícios podem ir além. É que a modalidade trabalha com pontos bastante específicos, que favorecem pessoas de qualquer idade.

Cada estilo de dança oferece um tipo diferente de treino, e o estilo flamenco não é exceção. Essa modalidade de dança exige força, concentração e movimento, e é uma das mais recomendadas para perder peso e manter o equilíbrio corporal.

Ela trabalha muito a parte inferior do corpo, fortalecendo os ossos e a musculatura. Em um nível secundário, trabalha a parte superior do corpo, já que na maioria das vezes, os braços se mantêm acima da cabeça e realizam muitos movimentos.

Para manter a postura elegante essencial para o flamenco, você precisa envolver os seus músculos do abdômen também. Além disso, há o incentivo de uma postura saudável fora da pista de dança.

O trabalho com os pés na dança flamenca tem um baixo impacto e, por isso, proporciona o aumento da densidade óssea e ajuda a evitar doenças, como a osteoporose.

Dançar faz bem para a mente

Um estudo publicado no The New England Journal of Medicine, em 2003, revelou que, quando os idosos participam de atividades de lazer, incluindo a dança, seu risco de demência é diminuído. Além disso, os passos marcados da dança relacionada ao flamenco ajudam a fortalecer a memória e a liberar as emoções.

Os benefícios para a saúde mental proporcionados pela dança flamenca são ótimas formas de aliviar o estresse e a tensão do dia a dia. A modalidade também trabalha muito a sensualidade e pode ajudar muitas mulheres e homens a melhorarem a autoconfiança.

Quem pode fazer aulas de dança flamenca

Qualquer pessoa, independentemente da faixa etária, pode fazer aulas dessa modalidade de dança. Lembre-se, porém, que é preciso passar por uma avaliação médica antes de iniciar qualquer tipo de atividade física, garantindo assim que as aulas possam ter os efeitos benéficos esperados.

Isso é particularmente importante se você tem algum problema de saúde, caso em que deverá sempre consultar o seu médico antes de começar a praticar a dança.

Origem do flamenco

A dança flamenca nasceu em meados do século XVIII, na Andaluzia, Espanha, mas suas raízes remontam aos tempos mais antigos. Essa arte reúne diferentes culturas, como a cigana, a árabe e a judaica, todas misturadas com elementos tradicionais da Andaluzia.

O flamenco, seja a dança, a música ou o canto, é uma arte que expressa sentimentos profundos. Nascido como uma expressão de grupos marginalizados, é uma forma de libertação da dor, da solidão, da angústia, do desespero, do amor, da paixão e da alegria.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros