[the_ad_group id="16401"]
Especialidades

Entenda como a falta de vitamina A causa cegueira noturna

Por Redação Doutíssima 18/03/2015

Você sabe o que é cegueira noturna? Também conhecida como nictalopia, é a incapacidade de enxergar bem à noite ou em ambientes com pouca luz. Ela não é considerada uma doença, mas um sintoma associado a outras condições, como uma miopia não tratada. Porém, também está relacionada com a falta de vitamina A no organismo.

 

Relação entre vitamina A e cegueira noturna

A vitamina A é um grupo de compostos antioxidantes que desempenham um papel importante na visão, no crescimento do osso e na saúde do sistema imunológico.

 

Segundo especialistas do Departamento de Oftalmologia do Massachusetts Eye and Ear Infirmary, a nictalopia é o sintoma mais comum e mais antigo de deficiência de vitamina A. O tratamento precoce da carência dessa vitamina é fundamental. Quando não tratada, a condição é capaz de levar à cegueira permanente.

cegueira noturna

Falta de vitamina pode causar dificuldade de enxergar bem em ambientes escuros. Foto: iStock, Getty Images

A deficiência da vitamina no organismo afeta a visão através da inibição da produção de rodopsina, pigmento que é muito sensível à luz. Com a diminuição da quantidade de rodopsina no olho, o resultado talvez seja a cegueira noturna.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelam que a carência de vitamina A é a principal causa de cegueira evitável em crianças. Em mulheres grávidas, a falta dessa vitamina no organismo provoca cegueira noturna e chega a aumentar o risco de mortalidade materna.

Estima-se que cerca de 250.000 a 500.000 crianças desnutridas em todo o mundo ficam cegas a cada ano por causa da deficiência de vitamina A, que poderia ter sido evitada com uma dieta adequada.

vitamina-a 

Outras possíveis causas para cegueira noturna

A cegueira noturna ocorre devido a uma desordem das células da retina que são responsáveis ​pela visão com baixa luminosidade, e como você já sabe, tem entre suas causas a carência de vitamina A. Ela pode, contudo, ter outras origens. Confira quatro possíveis causas:

1. Miopia

Visão turva quando se olha para objetos distantes.

2. Catarata

Uma turvação da lente do olho.

3. Retinite Pigmentosa

Distúrbio hereditário no qual a retina degenera lenta e progressivamente.

4. Síndrome de Usher

Uma condição genética que afeta tanto a audição quanto a visão.

Os pacientes que têm doenças do fígado ou do pâncreas, por vezes, não conseguem absorver grandes quantidades de vitamina A e, por isso, possuem maior risco de desenvolver nictalopia, de acordo com pesquisa do Beth Israel Deaconess Medical Center, em Boston, nos Estados Unidos.

Além disso, as pessoas que têm níveis de glicose elevados no sangue ou diabetes também têm uma maior probabilidade de desenvolver doenças oculares, como a catarata.

Prevenção e tratamento

A cegueira noturna que é resultado de defeitos congênitos ou doenças genéticas, como a síndrome de Usher, não pode ser evitada. É possível, no entanto, controlar adequadamente os seus níveis de açúcar no sangue e manter uma dieta equilibrada, tornando esse problema controlado.

Na realidade, o tratamento depende da causa de nictalopia. As opções podem incluir tomar suplementos de vitamina A, remover a catarata e lentes corretivas, no caso de miopia. Consultas regulares com um oftalmologista são essenciais para detectar e gerenciar o problema.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]