[the_ad_group id="16403"]
Esporte > Fitness

Veja como surfar emagrece e conheça mais benefícios

Por Redação Doutíssima 22/03/2015

Ao deslizarem sobre ondas gigantescas, os surfistas têm o desafio de lidar com o mar e de manter a concentração e o equilíbrio. Em troca, recebem muitos benefícios para  corpo e mente, afinal, surfar proporciona um contato direto com a natureza, capaz de aliviar qualquer estresse. De quebra, a prática ainda ajuda a emagrecer e melhora a saúde.

 

Com bom equipamento, roupas adequadas à prática, dedicação e orientação de um profissional, é possível se jogar no mar e curtir as ondas. Além de se livrar do sedentarismo, os resultados não desapontam. Saiba mais por que pegar onda é uma das melhores coisas que você pode fazer por seu corpo.

 

Surfar emagrece e define a musculatura

Para quem busca uma atividade física diferenciada que auxilia na perda de peso, surfar é uma ótima opção. Em média, uma pessoa perde de 200 a 400 calorias durante uma hora de surfe, mas esse número pode ser elevado a 800 calorias em alguns casos. A regularidade da prática é um dos fatores que contribuem para  o emagrecimento.

surfar

Além da perfeita interação com a natureza, o surfe alivia o estresse do cotidiano. Foto: iStock, Getty Images

Pelo fato de exigir equilíbrio sobre a prancha – algo que pode ser difícil para os iniciantes – surfar trabalha diferentes partes do corpo. A modalidade mexe principalmente com os membros superiores e a região das costas e ombros. Isso porque, para chegar a alto-mar, o surfista deve remar.

 

Feito isso, outro exercício vem pela frente: ficar sobre a prancha. Essa habilidade exige esforço das pernas e do abdômen, a fim de gerar equilíbrio. Com todos esse movimentos combinados, o surfe é uma atividade que não desaponta quem procura por uma vida mais saudável e por uma forma de emagrecer com diversão.

 

Benefícios à saúde

A complexidade do surfe é grande, o que traz mais benefícios aos surfistas profissionais e amadores. Coordenação, condicionamento físico geral, equilíbrio, resistência e potência dos braços, agilidade e tempo de reação são alguns fatores que o praticante do surfe adquire.

 

Além disso, surfar trabalha a parte cardiorrespiratória, a musculatura e a resistência. O ganho cardiorrespiratório, por exemplo, ocorre em grande parte durante a passagem da arrebentação das ondas, na hora de remar e nos mergulhos.

 

surfar

Alívio do estresse

Tanto surfistas profissionais quanto os praticantes de final de semana ficam relaxados depois de se aventurarem nas águas do mar. O fato é que exercícios físicos em geral são eficazes no alívio do estresse, pois liberam substâncias no corpo que causam a sensação de bem-estar.

 

Surfar, no entanto, tem um diferencial. O contato com a natureza e a concentração necessária na hora de praticar o esporte fazem com que os amantes do surfe sejam unânimes ao dizerem que o exercício traz tranquilidade à mente.

 

Quem pode surfar?

Se você pensa em iniciar nessa modalidade, lembre-se: surfe é um esporte democrático e pode ser praticado tanto por crianças a partir de 5 anos quanto por adultos. O importante antes de se aventurar nas ondas é saber nadar.

 

A contraindicação é para pessoas com algum trauma osteomuscular, obesos e com condicionamento físico muito baixo.

surfar

Surfe é democrático: até mesmo crianças podem praticar o esporte. Foto: iStock, Getty Images

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]