[the_ad_group id="16401"]
Qualidade de vida

Aprenda a controlar a ansiedade com técnicas de respiração

Por Redação Doutíssima 27/03/2015

As técnicas de respiração e relaxamento são ótimas formas de controle da ansiedade. Quando uma pessoa se sente ansiosa, muitas vezes, respira mais rapidamente. Essa respiração rápida pode levar a sensações desagradáveis, como tonturas e confusão.

 

Aprender técnicas de respiração para desacelerá-la é capaz de aliviar os sintomas da pessoa ansiosa e ajudá a pensar mais claramente.

 

De acordo com dados do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), aproximadamente 12% da população brasileira sofre com sintomas de ansiedade. Então, por que não recorrer à respiração para se sentir melhor?

 

tecnicas de respiracao

Aprender a controlar a respiração pode ser uma forma de driblar a ansiedade. Foto: iStock, Getty Images

Por que técnicas de respiração ajudam a relaxar?

 

A respiração é uma função automática do corpo, controlada pelo centro respiratório do cérebro. Quando nos sentimos estressados, a taxa de respiração padrão muda.

Estudos científicos têm demonstrado que controlar a respiração ajuda a gerenciar o estresse e as condições a ele relacionadas.

O controle da respiração também é usado em técnicas de respiração da yoga, tai chi e algumas formas de meditação, que auxiliam na melhora dos sintomas da ansiedade.

Técnicas de respiração para controlar a ansiedade

 

Se você estiver em uma situação de ansiedade muito forte, essas três técnicas podem ser úteis.

1. Dez a zero

A técnica dez a zero promove uma sensação de relaxamento e reduz os sentimentos de ansiedade e tensão dentro do corpo, através da contagem regressiva e lenta, do dez até o zero.

Essa é uma das técnicas de respiração que você pode usar quando precisar de alívio rápido e em qualquer lugar.

Para fazer, inspire lenta e profundamente, dizendo a palavra “dez” para si mesmo e, em seguida, expire vagarosamente. Na próxima inalação, diga “nove”, e então expire novamente.

Continue com essa respiração até chegar ao zero. Então, você já vai sentir o seu corpo mais relaxado. Se isso não acontecer, ou o relaxamento for apenas parcial, repita o exercício.

2. Afirmação positiva e respiração profunda

Essa é uma das técnicas de respiração mais fáceis de fazer, já que usa apenas a respiração profunda e uma afirmação positiva para ajudar a relaxar e a reduzir a ansiedade dentro do seu corpo e da sua mente.

Para fazer, escolha sua própria afirmação para usar nesse exercício, como “eu estou em paz”. Sente-se em uma posição confortável e faça algumas respirações lentas e profundas.

Quando você inspirar, diga a primeira parte da sua afirmação para si mesma – por exemplo, “eu estou”. Faça uma pausa de três segundos.

Ao expirar, tranquilamente diga a segunda parte da sua afirmação para si mesma – por exemplo, “em paz”. Repita esse ciclo três vezes e, gradualmente, relaxe o corpo, liberando a tensão.

 

3. Respiração abelha

Essa técnica muito antiga é ótima para acalmar a mente e reduzir o estresse e a ansiedade.

Para fazer, sente-se confortavelmente e relaxe os ombros. Inspire lentamente e cubra seus ouvidos com os polegares e os olhos com o restante dos dedos.

Depois, mantenha os lábios levemente fechados e os dentes levemente separados, relaxando sua mandíbula. Expire fazendo um som baixo semelhante a um zumbido.

 

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]