[the_ad_group id="16401"]
Filhos

Entenda o processo de mudança de voz nos meninos

Por Redação Doutíssima 14/04/2015

A puberdade pode dar um nó na cabeça de qualquer pessoa. Nesse período, a mudança de voz e tantas outras transformações pelas quais o corpo passa fazem os adolescentes perceberem que já não são mais crianças. E é nessa hora que meninos e meninas precisam saber o que está acontecendo com o próprio corpo.

Por que ocorre a mudança de voz?

Se você é adulto, com certeza já passou por isso. Mas, se é adolescente, está passando por essas mudanças no momento. O que importa é que ninguém está sozinho na puberdade, ou seja, saiba que isso é completamente normal.

 

De acordo com um estudo publicado em 2009 na Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 78,8% dos meninos notam mudança de voz durante esse período.

mudanca de voz

A mudança na voz é uma transformação natural que ocorre no período da puberdade. Foto: iStock, Getty Images

A palavra que explica tudo isso é testosterona. Esse hormônio é responsável pelo crescimento e desenvolvimento do aparelho reprodutor, entretanto, atua também na laringe, fazendo com que ela cresça, o que faz com que os músculos que revestem as cordas vocais se estiquem.

Uma vez que nos meninos a cartilagem é maior, eles acabam tendo mudança de voz e o aparecimento do pomo-de-adão, cuja função é proteger as cordas vocais de eventuais acidentes.

Os hormônios fazem com que a cartilagem da laringe, onde se localizam os músculos vocais que compõem a prega vocal, cresça. É a vibração dessa prega, durante a passagem do ar que sai dos pulmões, que produz a voz. Com o aumento da laringe, os músculos vocais se esticam, deixando a voz mais grave.

Frequência das ondas sonoras

Antes da adolescência, meninos e meninas têm o mesmo tamanho de laringe, e vozes parecidas, entre 250 e 270 hertz (Hz) – unidade que verifica a frequência das ondas sonoras. Na puberdade, a frequência das vozes de todos cai e o som fica mais grosso.

Entretanto, nos rapazes, a mudança de voz é mais evidente do que nas meninas, pois as mudanças fisiológicas foram mais acentuadas, incluindo o aparecimento do pomo-de-adão. É no surgimento desse novo “aparelhamento” que há o descontrole da voz, alternância de graves e agudos e sons desafinados.

Quanto tempo dura a mudança de voz?

O processo pode acontecer entre os 11 e os 15 anos e pode ser progressivo ou brusco, bem como pode causar embaraços e desconforto social, em função dos “desafinos”. A boa notícia é que, depois de alguns meses, no máximo um ano depois de iniciado o processo, o menino já está com voz de homem.

Não adianta se desesperar. Agora é relaxar e esperar a fase passar. Até Justin Bieber já admitiu que sua voz mudou e que, por isso, há dificuldades em cantar sucessos como Baby, de 2010 – música lançada quando ele tinha apenas 15 anos de idade.

 

Ele admitiu ainda que não consegue mais atingir notas mais altas das canções do seu primeiro álbum My World 2.0 e que altera a música quando canta ao vivo.

Então, se até os astros entendem a mudança de voz, é preciso que os meninos compreendam ela como algo natural. A preocupação deve existir se a mudança não ocorrer. Nesses casos, deve ser procurado um especialista.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]