Cirurgia Plástica

Cirurgias plásticas bizarras podem ser irreversíveis

Por Redação Doutíssima 18/04/2015

Hoje em dia, não é incomum ver cirurgias plásticas estranhas e até bizarras. As pessoas estão buscando um visual ideal, e com isso, ultrapassam alguns limites. Além disso, as clínicas que realizam esses tipos de procedimentos trazem muitas novidades um tanto quanto diferentes, para atender um público com desejos cada vez mais incomuns.

 

Cirurgias bizarras: qual o limite?

Jocelyn Wildenstein, 73 anos, é uma socialite de Nova York que tem sido notícia durante anos devido ao excesso de cirurgias plásticas bizarras a que se submeteu. Ela foi apelidada de “mulher gato”, em razão de sua aparência estranha, e já gastou quatro milhões de dólares para atingir seu olhar “felino” de hoje.

bizarras

Realizar procedimentos pouco convencionais se torna comum em todo o mundo. Foto: iStock, Getty Images

Outras mulheres também são viciadas em cirurgias estéticas. Entre elas, Michaella Romanini (socialite italiana) e Donatella Versace (designer italiana e vice-presidente da Versace), que mudaram radicalmente suas feições faciais. Isso sem contar as Barbies e Kens humanos, que passaram por diversas cirurgias plásticas para parecerem bonecos.

 

Mas será que existe um limite para essas cirurgias plásticas bizarras? A cada ano, novas cirurgias vêm sendo disponibilizadas, para atender a uma parcela da população cada dia mais viciada em ter um corpo perfeito.

 

Conheça 4 cirurgias bizarras

Conheça as cirurgias plásticas mais bizarras que você nunca imaginou.

 

1. Braços de Michelle Obama

Os tríceps tonificados da primeira-dama dos Estados Unidos são referência, e de acordo com um relatório da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos, cada vez mais os americanos estão optando por um procedimento denominado “upper arm-lift”.

Em 2012, 15 mil pacientes fizeram esse procedimento, 98% deles do sexo feminino, gastando mais de 61 milhões de dólares para isso.

 

A cirurgia é feita através de uma incisão, que vai das axilas ao cotovelo pela parte de trás do braço, visando remover o excesso de pele presente na região.

 

2. Alongamento de membros

O sonho de muitas pessoas é uma altura maior, e acredite, há uma cirurgia plástica bizarra que é capaz de torná-lo realidade. Bastante doloroso, o procedimento consiste em “quebrar” o osso da canela do paciente e inserir uma haste microscópica, que puxa o osso um milímetro por dia durante três meses.

 

3. Dedos dos pés gordos

Quando o verão se aproxima, normalmente as mulheres começam a se preocupar com a boa forma.

É claro que essa é uma preocupação de várias delas ao longo de todo o ano, mas quando o verão se aproxima, muitas vezes elas são capazes de cometer loucuras para estar bem aos olhos dos outros.

 

E, para isso, muitas delas submetem-se a uma cirurgia plástica bizarra para, acredite, tirar a gordura dos dedos dos pés.

Não é à toa que, nos Estados Unidos, o procedimento é conhecido entre os especialistas como “toe-besity” – algo como “obesidade dos dedos do pé”. Algumas pessoas chegam a pagar 2,5 mil dólares para fazê-lo.

 

4. Mandíbula

Dentre as cirurgias plásticas bizarras, merece destaque também aquela que promete uma mandíbula mais proeminente. Talvez soe estranho, mas muitas pessoas buscam esse tipo de procedimento – embora a ciência não saiba explicar, ainda, as razões pelas quais isso acontece.

Essa cirurgia consiste em fazer um pequeno corte em seu lábio inferior ou queixo e, simplesmente, inserir algo nos tecidos macios para criar um efeito mais autoritário em sua mandíbula. Estranho, não é mesmo?

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros