[the_ad_group id="16401"]
Exercícios

Veja o que precisa para fazer musculação em casa

Por Redação Doutíssima 23/04/2015

Se a falta de tempo faz parte da sua vida, a musculação em casa pode ser uma ótima solução. A prática, também escolhida por muitos que não gostam de frequentar academias, tem ganhado adeptos por todo o país.

 

Uma pesquisa do Ministério da Saúde mostra que 33,8% da população pratica atividade física com regularidade, um crescimento de 12,6% nos últimos cinco anos. Os exercícios em casa também ganham adeptos. Mais atentos às mensagens de promoção e cuidados com a saúde, os brasileiros buscam suas alternativas para se movimentar.

musculacao em casa

Prática de musculação sem sair de casa pode ser opção para quem não tem tempo. Foto: iStock, Getty Images

Para aderir você também à musculação em casa, basta um pouco de disciplina e dedicação para que os resultados logo apareçam e, claro, a orientação de um profissional.

 

Quem explica é o especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho e Acupunturista Esportivo, Marcus Vinicius, autor do Manual Roda da Saúde.

 

O profissional garante que sim, é possível manter um programa eficaz de musculação em casa. “Se essa moda pega, será uma ótima oportunidade de melhorar a saúde da sociedade, pois um dos motivos que as pessoas alegam para não fazer atividade física é falta de tempo”, reitera.

 

Treino para a musculação em casa

Ele diz que a escolha do profissional que vai montar o treino é importante, é preciso conhecer a formação e ter referências de quem vai monitorar o trabalho. “Não pode ser qualquer educador físico, mas profissionais que trabalham e são habilitados para esse tipo de serviço”, reforça Marcus Vinícius.

Junto a isso, ele destaca os cuidados prévios antes de iniciar o programa de musculação.

Antes de iniciar os exercícios em casa, continua o especialista, é imprescindível que o individuo faça uma bateria de testes específicos. O objetivo é avaliar o nível em que a pessoa se encontra e, a partir disso, o profissional vai prescrever seu programa.

A exposição do corpo a mudanças, diz, deve ser acompanhada, monitorada sempre. Por isso, a avaliação e a montagem do programa devem ser feitas pessoalmente, de acordo com o especialista.

Questionado sobre a possibilidade de contraindicações para a prática da musculação, o treinador é enfático. “Particularmente, não gosto de falar em contraindicação, mas de ajuste individuais”, diz.

 

Entre os acessórios mais usados para a musculação em casa, Marcus Vinicius recomenda os elásticos. “Eles nos permitem uma grande diversidade de exercícios e se ajustam para qualquer tipo de pessoa, inclusive crianças e idosos”, comenta.

 

musculacao-em-casa

Musculação em casa e outros exercícios

Marcus Vinicius destaca que, junto à musculação, é preciso pensar como um todo, uma atividade física voltada para a saúde. Por isso, é importante aliar pelo menos três tipos de exercícios à musculação: exercícios cardipulmonares, neuromusculares e de flexibilidade. Acompanhe:

1. Cardipulmonares

Caminhada, corrida, natação e ciclismo. Todo exercício que sua respiração muda a frequência.

2. Neuromusculares

Musculação, pilates e exercícios localizados. Todo exercício que gera uma resistência ou tensão aos seus músculos.

3. Flexibilidade (alongamentos)

Todo exercício que exige uma maior amplitude de movimento de suas articulações.

 

Junto a outras práticas físicas, que complementem a musculação em casa, o especialista orienta uma alimentação saudável, com todos os nutrientes necessários à saúde.

 

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]