[the_ad_group id="16403"]
Dieta

Frutas desidratadas são fontes concentradas de fibras e nutrientes

Por Redação Doutíssima 25/04/2015

As frutas desidratadas oferecem grandes vantagens se comparadas às frutas frescas: vida útil mais longa e praticidade. Porém, se você está querendo emagrecer, é preciso ter cuidado com elas, uma vez que contêm mais calorias por porção do que as frutas frescas.

 

Algumas desidratadas contêm açúcares adicionados no processamento, que aumentam o seu teor calórico. Os frutos secos sem aditivos, porém, oferecem inúmeros benefícios à saúde.

frutas desidratadas

As frutas secas possuem muitas fibras e podem ser uma ótima opção para lanches. Foto: iStock, Getty Images

Benefícios das frutas desidratadas

Comer frutas é um hábito associado com a melhoria da saúde porque elas fornecem ao corpo humano muitos dos minerais essenciais, vitaminas, fitonutrientes e fibras que ele precisa todos os dias.

As frutas secas não estragam tão rapidamente, e são um lanche fácil de carregar aonde quer que você vá. Veja outros benefícios das frutas desidratadas:

 

1. Alto nível de fibras

As frutas que passaram por um processo de desidratação geralmente contêm mais fibra do que as frutas frescas. As fibras ajudam a manter o seu sistema digestivo em bom funcionamento.

 

Damascos desidratados, por exemplo, contêm 6,5 gramas por xícara, enquanto damascos frescos contêm apenas 3,1 gramas. Uma xícara de passas contém 5,4 gramas de fibra contra apenas 1,4 gramas de uvas sem sementes.

 

Mas as fibras não ajudam apenas o seu sistema digestivo, pois de acordo com a Harvard School of Public Health, elas são capazes de auxiliar na prevenção da obesidade, das doenças cardíacas e de alguns tipos de câncer.

 

2. Antioxidantes

Algumas frutas secas são uma excelente fonte de certos antioxidantes, de acordo com um estudo publicado em 2005 no Journal of the American College of Nutrition.

Fenóis, por exemplo, são mais abundantes em frutas como tâmaras ou figos do que em outras frutas frescas. Essa constatação levou especialistas na área a aconselharem a inclusão de mais frutas secas na dieta dos americanos.

 

Conforme um outro levantamento, publicado no boletim de novembro-dezembro de 2009 da Oxidative Medicine and Cellular Longevity, os polifenóis também são encontrados em abundância nas frutas secas. Eles são associados à prevenção de doenças cardíacas, câncer, osteoporose, diabetes e doenças degenerativas no cérebro.

 

3. Maior densidade de nutrientes

Como a maior parte da água é extraída, as frutas desidratadas têm os seus nutrientes condensados. Frutas secas como damascos, passas, ameixas e figos contêm grandes quantidades de betacaroteno, vitamina E, niacina, ferro, magnésio, potássio e cálcio, informa o Conselho Europeu de Informação Alimentar.

 

Como consumir as frutas desidratadas?

É possível consumir as frutas desidratadas quando quiser. Além disso, elas são ótimas opções para lanches entre as refeições. Porém, é preciso tomar cuidado com as porções, já que essas frutinhas podem ser bem mais calóricas do que seus exemplares frescos.

Cem gramas de ameixas frescas contêm apenas 46 calorias, enquanto que 100 gramas de ameixas secas têm 240 calorias.

Quando você está selecionando frutas desidratadas no supermercado, não se esqueça de ler o rótulo da embalagem. Olhar não só para o tamanho da porção adequada, mas também o que mais foi adicionado nas frutas, já que muitas vezes pode conter açúcar adicional.

Outro ingrediente comumente adicionado é o dióxido de enxofre, que atua para preservar a fruta e evitar a descoloração.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]