[the_ad_group id="16401"]
Gestante

Sono na gravidez? Veja motivos e dicas para descansar melhor

Por Redação Doutíssima 30/04/2015

Para começar sua viagem de nove meses, é importante entender a importância do sono na gravidez. Uma pesquisa da Fundação Nacional do Sono, nos Estados unidos, revelou que 78% das mulheres tinham mais problemas de sono durante a gravidez do que em outras épocas de suas vidas.

 

A cada trimestre alcançado, novos desafios se apresentam e o sono na gravidez vai fazer toda a diferença.

 

Recomenda-se que os adultos tenham uma média de sete a nove horas de sono por noite. Em termos de sono na gravidez, o melhor é descansar quando você se sentir cansada, para compensar eventuais perturbações que possam ocorrer durante a noite.

sono na gravidez

Muitas mulheres podem ter dificuldades para adormecer no período da gestação. Foto:iStock, Getty Images

Problemas do sono na gravidez

Mesmo as mulheres que normalmente não têm problemas de sono descobrem que, durante a gravidez, têm dificuldades em adormecer, bem como problemas para dormir o suficiente. E os estudos sugerem que deveríamos realmente prestar mais atenção ao sono na gravidez.

 

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, Estados Unidos, recentemente descobriram que as mulheres que dormiam menos de seis horas por noite tiveram partos mais longos e foram 4,5 vezes mais propensas a ter partos cesáreos.

 

Outro estudo, realizado pela Universidade de Pittsburgh, também nos Estados Unidos, revela a ligação entre a qualidade e a quantidade de sono das mulheres grávidas e as complicações no parto, incluindo baixo peso e partos prematuros.

A ligação entre as complicações no parto e o sono das mulheres grávidas parece estar nas perturbações da função normal do sistema imunológico, causadas por sono insuficiente e de baixa qualidade.

 

Dicas para melhorar o sono na gravidez

Dormir bem durante a gravidez é um desafio – mas não é impossível. Veja os problemas mais comuns – e suas respectivas soluções – enfrentados pelas mulheres grávidas ao longo da noite:

 

1. Frequência urinária aumentada

Nesse caso, a dica é evitar líquidos duas horas antes de deitar, e tentar esvaziar completamente a bexiga antes de ir dormir.

 

2. Náuseas

Mantenha biscoitos na sua cabeceira, garantindo assim que seu estômago nunca estará vazio. O estômago vazio pode ser mais propenso a problemas digestivos. É possível também preparar um chá de gengibre, que possui propriedades que podem aliviar as náuseas.

 

3. Síndrome das Pernas Inquietas

O exercício diário, como caminhar e alongar, auxiliam muito nesses casos. Evite cafeína, nicotina e álcool também. Converse com seu obstetra sobre qualquer medicação que possa ser tomada. Com essas medidas, você terá um melhor sono na gravidez.

 

4. Insônia

Desenvolver uma rotina e tentar manter um horário de sono estável. Aprenda técnicas de relaxamento, como o relaxamento muscular progressivo, a respiração abdominal, e a imaginação guiada.

 

sono na gravidez

5. Apneia do sono

Fale com o seu médico sobre isso. O tratamento também pode ajudar a reduzir a pressão arterial e a melhorar os níveis de açúcar no sangue.

 

6. Cãibras nas pernas

Pergunte ao seu médico sobre os seus níveis de magnésio e cálcio. Você pode precisar tomar suplementos de cálcio ou, em alguns casos, até mesmo de vitamina D.

Os alimentos ricos em magnésio, como as amêndoas, as castanhas, os legumes e os produtos lácteos são bastante úteis para prevenir carência desses elementos.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]