Você já pensou em praticar algum dos tipos de meditação? Muito se ouve falar dessa ténica que vem ganhando cada vez mais adeptos pelo mundo. Isso pode ser explicado pelo grande estresse do dia a dia, que faz as pessoas procurarem maneiras que proporcionem o equilíbrio mental.

Afinal, o que é meditação?

De acordo com Adriana Ambrósio, professora de yoga e coordenadora nacional da ONG Arte de Viver, a meditação é a arte de não fazer nada. É um estado em que a mente se livra de agitações.

tipos de meditacao
A meditação pode ajudar na busca pelo equilíbrio mental na rotina diária corrida. Foto:iStock, Getty Images

A meditação não tem contraindicações, pode ser praticada em qualquer lugar e não tem limite de idade. Adriana recomenda a prática de yoga e os exercícios de respiração como complementos que auxiliam na meditação.

“A yoga prepara o corpo para permanecer em uma mesma posição por longos períodos e a respiração ajuda a acalmar a mente e os pensamentos”, ensina a professora Adriana.

Quais os tipos de meditação?

Adriana explica que como a meditação é uma prática comum em diversas tradições, religiões e filosofias, existem muitos tipos. Veja uma lista dos principais tipos de meditação:

1. Meditação guiada

Esse tipo de meditação você pode fazer em qualquer lugar. O objetivo pode ser aliviar o estresse, por exemplo. Muitas pessoas utilizam CDs, com músicas de sons da natureza e uma voz que guia a meditação.

2. Meditação com mantra

Os mantras são sagrados e podem ajudar a tranquilizar a alma. Ao entoá-los, a pessoa consegue se concentrar e relaxar a mente.

3. Meditação com foco em um objeto ou na respiração

Para meditar, é preciso ter concentração. Portanto, esse tipo faz a pessoa focar em um objeto, que pode ser a própria respiração. O importante é colocar esse objeto no centro da atenção.

 

4. Meditação em movimento (ou dinâmica)

Esse tipo de meditação trabalha o equilíbrio entre o corpo externo e os órgãos internos. Um exemplo conhecido é a prática do Tai Chi Chuan que ajuda as pessoas a trabalharem o equilíbrio emocional e a coordenação motora.

5. Meditação com olhos abertos  e com olhos fechados

Meditar de olhos abertos ou fechados? Isso depende da tradição que você irá praticar. Entretanto, a maioria afirma que os olhos devem estar fechados, para que a pessoa se concentre no equilíbrio interior, e não na ação.

Como escolher entre os tipos de meditação?

Cada um dos tipos de meditação traz técnicas e condições específicas, mas elas têm um objetivo em comum: limpar a sua mente. Para escolher entre eles, o melhor é dar chance a todos e observar qual surte mais efeito.

A prática regular de meditação exige persistência, já que nem sempre é fácil manter a mente limpa e focada por mais de poucos minutos. Mas tudo isso tem recompensas.

“Uma prática regular de meditação pode transformar totalmente a qualidade de vida de uma pessoa. A meditação é um descanso muito profundo que revigora e traz muita clareza e paz para a mente” ensina a professora.

A serenidade é outro benefício da prática de qualquer um dos tipos de meditação. Adriana comenta que as pessoas que meditam afirmam sentir mais serenidade em situações difíceis da vida.

 

Meditar exige pouco tempo e apenas a vontade de praticar e traz inúmeros benefícios. Que tal escolher um dos tipos de meditação e começar hoje mesmo?

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


DEIXE UMA RESPOSTA