Dieta

Arroz selvagem ajuda a controlar o colesterol

Por Redação Doutíssima 06/05/2015

É verdade que o arroz está presente na maioria dos pratos brasileiros. Mas você conhece o arroz selvagem? Essa variedade é conhecida também como zizânia aquática. Especialistas indicam que consumir outros tipos de arroz, além do arroz branco comum, pode trazer muitos benefícios à saúde. O zizânia, por exemplo, ajuda na diminuição do índice de colesterol.

 

Apesar de ser conhecido como um tipo de arroz, é uma semente de uma gramínea aquática do gênero Zizânia, originária da América do Norte e é três vezes maior que o arroz branco comum.

arroz selvagem

Variedade de arroz é rica em fibras e pode controlar níveis de açúcar no sangue. Foto:iStock, Getty Images

Benefícios do arroz selvagem

Entre as muitas variedades de arroz, o arroz selvagem é a que contém maior teor de proteínas, afirma a pesquisa de doutorado da farmacêutica-bioquímica Isabel Louro Massaretto, na Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP.

As proteínas encontradas nesse alimento auxiliam no ganho de massa muscular e na composição de novas células do sangue.

1. Eliminação de gordura

Se você está precisando perder peso, o arroz selvagem é uma excelente opção. Esse alimento é rico em carboidratos e diferentemente do arroz branco comum, evita o acúmulo de gordura localizada devido a presença de fibras.

As fibras encontradas nesse arroz agem durante a digestão, diminuindo absorção de gorduras pelas células e ainda agilizam o processo digestivo. Dessa forma, proporciona o emagrecimento de maneira saudável do indivíduo que o consome. As fibras ainda auxiliam no controle dos níveis de açúcar do sangue.

 

arroz selvagem 

2. Combate o envelhecimento precoce

Esse arroz ainda apresenta substâncias com atividades antioxidantes que combatem o envelhecimento precoce provocado por radicais livres e também previne contra o aparecimento de câncer.

3. Composição nutricional do arroz selvagem

Esse tipo de arroz possui, por porção, 164 kcal; 35g de carboidratos; 6,1g de proteínas; zero gramas de gorduras totais, saturadas e trans; 2,7g de fibras; zero gramas de sódio e um miligrama de potássio.

Bom funcionamento do organismo

O arroz selvagem é rico em vitaminas do complexo B. Esse conjunto de vitaminas atua diretamente no sistema nervoso, imunológico e são muito benéficas para os olhos e a pele.

Segundo estudos realizados por especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) e publicados em 2013 pela revista British Medical Journal (BMJ), a diminuição do consumo de sódio e o maior consumo de potássio reduz os riscos de problemas cardíacos.

Os estudos ainda revelam que o alto consumo de potássio diminui em até 24% os riscos do indivíduo sofrer um acidente vascular cerebral, também conhecido como AVC.

Mas por que o potássio é tão benéfico para o organismo? Essa substância está diretamente ligada ao processo de excreção de sódio. Quando a dieta é pobre de potássio, os rins apresentam dificuldade para a eliminação de sódio.

A composição nutricional desse tipo de arroz é ideal para quem deseja seguir as orientações dos estudos publicados pela revista BMJ.

Como preparar o arroz selvagem

A zizânia aquática é mais dura que o arroz branco comum, por isso, necessita-se de mais água e tempo para o seu cozimento.

Para cada xícara desse arroz, são necessárias três xícaras (chá) de água filtrada. O tempero e o sal são a gosto.

Também lembre que antes de iniciar qualquer tipo de dieta, é essencial consultar seu nutricionista para que que sejam avaliadas as necessidades do seu organismo.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros