Elas estão em todo lugar, sabem de tudo, sentem tudo, acertam (quase) tudo. Mães são onipresentes. Mas, afinal, o que é ser mãe? As respostas podem variar, os pontos de vista são os mais diversos, mas todos eles convergem para um ponto: o amor. Ser mãe é amar incondicionalmente e é colocar do lado de fora tudo o que está no peito.

É isso que você acompanha abaixo, por meio de depoimentos. Famosas respondem a pergunta o que é ser mãe em diferentes nuances, mas com a mesma carga.

o-que-e-ser-mae
Maternidade é momento difícil de ser explicado, mas que emociona a mulher. Foto: iStock, Getty Images

A descoberta do que é ser mãe

Tornar-se mãe muda todo o caminho que vem sendo traçado até então. Há quem diga ser impossível dizer o que é ser mãe até que essa benção lhe seja concedida.

 

Todos os dias, nos deparamos com mulheres de todos os tipos. Estilos de vida distintos, profissões diversas e objetivos bem delineados. Mas tendo experimentado a maternidade, se pergunte o que é ser mãe. Todas vão querer ser, no mínimo, uma supermãe.

Supermãe é aquela que se considera fundamental na vida do filho, mas cria oportunidades para o diálogo e espaço para que ele faça escolhas de forma gradativa”, explica o psicólogo hospitalar Stéphan Ratzke, do Hospital Madre Regina Protmann, de São Paulo (SP).

Mas a verdade, é que ser mãe, nos torna, em primeiro lugar, mulheres melhores. Ou, pelo menos, deveria ser assim.

O que é ser mãe? Famosas respondem

Confira a seguir depoimentos de mães famosas sobre o que é ser mãe:

“O nascimento de um filho desperta um sentimento inexplicável. Uma vontade de tornar o mundo um lugar melhor, criar garras afiadas para defendê-los, mas também levar mais doçura ao falar. Queremos ser melhores por eles e para eles. Esquecemos do tempo quando estamos com eles. Amor de mãe é esta mistura louca de sentimentos.”

Gisele Bündchen, top model

“Meus filhos me inspiram a ter atitudes para um futuro melhor.”

Isabella Fiorentino, modelo e apresentadora do Esquadrão da Moda

“Nunca imaginei que seria mãe um dia. Não fui aquela menina que cresceu sonhando em ter um filho. E, no entanto, um dia, sem esperar, sem planejar, ela chegou. Estreou! Presente de Deus mesmo. Eu que já era jornalista, independente, resolvida, já estava com a vida toda certa e planejada, acabei descobrindo a melhor atividade dentre todas: o que é ser mãe.

Eu poderia viver mil anos, muitas vidas, conhecer cada canto desse planeta, mas nada, nenhuma aventura ou conhecimento, nem tudo isso junto, me traria mais alegria e prazer do que o que eu vivo há 6 anos, acordando todos os dias com um sorriso dela. Ser mãe é elevar à potência máxima todo o amor que já experimentamos no mundo.”

Renata Boldrini, jornalista e apresentadora

“Posso dizer que é uma experiência que eu gostaria de passar muitas e muitas vezes, se fosse possível. Dá ainda mais vontade de gritar para o mundo e falar para as mulheres não perderem essa oportunidade única na vida, de passar por essa experiência de tanto poder, abertura, expansão, renascimento e transformação.”

Mayra Calvette, enfermeira e parteira

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


DEIXE UMA RESPOSTA