Se você opta pelo suco de frutas em caixinha pela praticidade, saiba que pode estar fazendo mal para a saúde do seu filho. Antes de qualquer coisa, leia a lista de ingredientes desses produtos e veja com o que está alimentando o seu pequeno. É fruta mesmo?

 

Além da lista de ingredientes, você provavelmente já notou que o suco de frutas em caixinha disponível no mercado – pelo menos a maioria – contém a denominação néctar. Esse termo mostra que a bebida não é suco, afinal o suco é feito só com a fruta – no máximo com um pouco de água.

suco de frutas
O suco natural possui fibras, nutrientes e minerais que fazem bem ao organismo. Foto:iStock, Getty Images

O néctar contém açúcar e aditivos químicos – aqueles nomes estranhos na lista de ingredientes – , utilizados para realçar o sabor, a cor e a textura da bebida que fica na caixinha.

Uma pesquisa feita pelo Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) avaliou 31 marcas de suco de caixinha denominados néctar.

A surpresa é que 10 dos produtos participantes do estudo não tinham o mínimo de polpa de fruta exigido por lei. A lei indica que, dependendo da fruta em questão, o néctar precisa conter de 20% a 40% de fruta.

Além da falta de fruta no suco de frutas, a quantidade de açúcar contida na maioria dos casos é enorme. Todos os produtos avaliados apresentaram entre 5,1 e 12,5 gramas de açúcar para cada 100 gramas de produto. Esses níveis são considerados concentrações médias e altas de açúcar.

Por que optar pelo suco de frutas natural?

Agora que você sabe que aquele suco de caixinha é tudo menos suco, é preciso encontrar a solução. E ela é mais simples do que parece: opte por sucos naturais, feitos na hora.

O suco natural, com frutas frescas, traz inúmeros benefícios que não fazem parte dos ingredientes das versões de caixinha.

Ele possui muito mais fibras, vitaminas e minerais essenciais à saúde. Além disso, as frutas possuem seu açúcar natural, dispensando a adição do açúcar refinado.

 

Além de tudo isso, você pode escolher as frutas que irá utilizar no preparo, selecionando as da estação e também as preferidas do seu filho.

Como incluir o suco de frutas natural

No caso de bebês, o suco natural pode ser introduzido na alimentação assim que o seu médico permitir. Em pequenas doses, esse alimento pode ser oferecido após a primeira mamada, e pode ser dado até de colher.

Crianças em geral podem tomar suco a vontade, contanto que seja natural. O suco não substitui o poder alimentício da fruta, mas é um líquido que permite variar as bebidas ingeridas pelos pequenos ao longo do dia.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que sucos e sopas ralas não são alimentos completos e não substituem as refeições em nenhuma fase da infância.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) sugere, para crianças até dois anos, a ingestão de suco de frutas ricas em vitamina C quando não há carne nas refeições. A vitamina auxilia na absorção de ferro inorgânico, um elemento fundamental ao desenvolvimento da criança.

Fazer um suco de frutas é ideal para as crianças que não aceitam a fruta como alimento. E mais: o líquido permite combinar duas ou mais frutas, variando os nutrientes que a criança necessita para um desenvolvimento saudável.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


DEIXE UMA RESPOSTA