[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Dente mole? Saiba quais as causas e como tratar

Por Redação Doutíssima 22/05/2015

Quando uma criança fica com o dente mole, é um sinal que ela está trocando a sua dentição. Mas e quando isso ocorre com pessoas adultas, o que pode ser? O dente mole em adultos é um sintoma de diversas condições bucais, mas em geral é causado por doenças da gengiva. Por isso, é necessário consultar um dentista para o tratamento adequado.

 

Principais causas de um dente mole

Existem diversos problemas bucais que podem ter o dente mole como sintoma. Conheça alguns deles.

dente mole

Adulto com dente mole deve procurar ajuda de um dentista para tratar o problema. Foto: iStock, Getty Images

Trauma Oral

Quando você é vítima de algum acidente e bate a boca, é possível que os ligamentos periodontais que mantém as raízes em seus devidos lugares estiquem. Cada dente possui milhares desses ligamentos ao redor da raiz, como se fossem molas ao redor de um trampolim. Basta que eles se estiquem para que você comece a sentir o dente mole.

 

Bruxismo

Esse é outro problema capaz de causar dente mole. Quem tem bruxismo, durante a noite, dorme com os dentes cerrados, e muitas vezes acaba movendo-os para trás e para frente, raspando uns nos outros. Esses movimentos involuntários que você faz durante a noite também podem afetar as raízes periodontais. O resultado é que, ao acordar, talvez você sinta que algum de seus dentes está mole.

 

Periodontite

A periodontite ocorre quando a placa bacteriana começa a se desenvolver abaixo da linha da gengiva, deixando-a suscetível a uma infecção. E, se essa infecção não for tratada, ela pode evoluir e até mesmo destruir o tecido da gengiva, danificando os ligamentos periodontais – e, por consequência, causando dentes moles.

 

dente mole

Como prevenir o dente mole

Embora a grande quantidade de causas do dente mole, com algumas medidas é possível prevenir sua ocorrência.

 

Para isso, basta adotar bons hábitos de higiene bucal, ter alimentação saudável e buscar um médico sempre que suspeitar de algum outro problema. Além disso, um estilo de vida saudável, que envolva uma dieta balanceada e uma rotina de exercícios físicos, é capaz de fortalecer seu sistema imunológico e prevenir a ocorrência dos mais variados problemas.

 

Quanto à higiene bucal, é o fato mais importante a ser observado. Por ela, entende-se boa escovação e uso regular do fio dental. Além disso, opte por pastas de dente e enxágues bucais que contenham apenas substâncias comprovadamente seguras. Seguindo essas dicas você conseguirá manter as bactérias longes de seus dentes e gengiva.

 

É possível que, mesmo prevenindo o problema, em determinada altura da vida sinta seus dentes moles. Nesse caso, é importante buscar um odontologista para o tratamento adequado, que irá variar conforme a causa do problema.

 

Em geral, a primeira medida que o dentista adota nesses casos é estabilizar o dente – e, para isso, ele pode optar por colocar uma pequena tala flexível em cada lado do seu dente que está mole. Você ficará com essa tala por aproximadamente duas semanas, que é o tempo médio que os ligamentos periodontais levam para curar.

 

Quando os dentes moles são causados por bruxismo, é provável que você precise usar um protetor bucal durante a noite, evitando assim o ranger de dentes ou, no mínimo, impedindo que esse ranger prejudique os ligamentos periodontais.

 

Além disso, em casos de outras doenças na gengiva, como a periodontite, o tratamento envolverá a cura dessa condição e, assim, poderá ser um pouco mais longo do que o normal.

 

É importante buscar ajuda profissional sempre que sentir seus dentes moles. Dependendo da causa, se não for tratada adequadamente é capaz de ocasionar, até mesmo, a necessidade de extração do dente.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]