Filhos

Descubra o que o poder do abraço amigo pode fazer por seu filho

Por Redação Doutíssima 22/05/2015

Imagine a sensação de distribuir e receber um abraço amigo. Provavelmente, você e quem recebesse o abraço se sentiriam felizes, acolhidos e amados. Por isso, em 22 de maio, quando comemoramos o Dia do Abraço, disponha-se a largar o que estiver fazendo – por alguns minutos – e abrace quem estiver ao seu redor.

 

Abrace os seus amigos, as pessoas da família, os colegas de trabalho e até desconhecidos. E não esqueça de abraçar os pequenos: filhos, sobrinhos, netos. Para eles, especialmente, a importância de um abraço é fundamental.

abraco amigo

Crianças que abraçam podem se sentir mais felizes, seguras e menos ansiosas. Foto: iStock, Getty Images

Dia do Abraço no mundo

O Dia do Abraço, que é comemorado internacionalmente em 22 de maio, começou pela iniciativa de um australiano em 2004. Ele criou a campanha “Free Hugs Campaign”, ou “campanha dos abraços gratuitos”, onde distribuía abraços pelas ruas de Sydney.

 

O objetivo do australiano, que usava o pseudônimo de Juan Mann, era fazer as pessoas felizes. A iniciativa ganhou destaque internacional quando a banda Sick Puppies gravou um clipe com imagens da campanha. Em dois dias de Youtube, o clipe já tinha mais de 250 mil visualizações.

 

Terapia do abraço amigo

Um abraço de verdade aos seus amigos, que pode ser rapidinho, demorado, mais apertado ou delicado pode ser revigorante não só nessa data, mas em todos os dias da vida, sobretudo das pessoas que têm rotinas conturbadas e pesadas.

 

O abraço amigo é capaz não só de melhorar as emoções de quem é abraçado, mas de promover a saúde.

Pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon, em Pittsburgh, na Pensilvânia (EUA), apuraram em pesquisa que abraços funcionam como uma forma de “apoio social“, protegendo as pessoas dos efeitos do estresse, que as torna mais suscetíveis a ficarem doentes.

No Dia do Abraço, o Centro de Valorização da Vida (CVV) vai compartilhar fotos, em sua fanpage, de pessoas se abraçando em ação participativa.

 

Abraço amigo para as crianças

As crianças, sobretudo, quando estimuladas, são campeãs em abraçar. É um ato simples, que começa pelos pais, até o dia em que o bebê resolve retribuir. Mas você sabe quais são os benefícios do abraço amigo para as crianças? Seja pelos pais, ou quem quer que seja, os pequenos só ganham com esse ato.

 

Ganham na medida em que o ato ativa as endorfinas, aumentando a sensação de alegria e afastando as dores, a ansiedade ou a tristeza. Além disso, abraços geram sensação de segurança nas crianças, fazendo com que elas sejam, mais tarde, adultos mais seguros e confiantes.

 

Abraçar também fortalece o vínculo entre os pais e seus filhos e potencializa o sentimento de união e compreensão, acalma e transmite tranquilidade para as crianças, além de fortalecer a autoestima.

 

O abraço é medicinal, é bom de dar e de receber. E se uma criança é estimulada a distribuir o abraço amigo, ela cresce com sentimentos de amizade e de companheirismo.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros