[the_ad_group id="16403"]
Especialidades

Descubra o que significa o corrimento branco na mulher

Por Redação Doutíssima 23/05/2015

É normal e saudável a mulher produzir um corrimento branco em sua vagina. Esse muco é produzido naturalmente a partir do colo do útero e normalmente não tem um cheiro forte. É possível sentir uma umidade desconfortável, mas não deve ter qualquer coceira ou dor em torno de sua vagina. Entretanto, se o contrário ocorrer, pode indicar algum problema de saúde.

 

Corrimento branco faz parte de uma vagina saudável

A vagina serve como uma passagem entre os órgãos reprodutivos internos e o exterior do corpo humano. O equilíbrio do pH da vagina é ácido e isso desencoraja a ocorrência de infecções.

corrimento branco

As infecções podem alterar a cor, o odor e a quantidade do corrimento vaginal. Foto: iStock, Getty Images

Uma vagina saudável produz secreções para limpar-se e regular-se, semelhante à forma como a saliva limpa e regula o ambiente da boca. Essas secreções vaginais são um corrimento branco e sem cheiro forte. Todas as mulheres têm algum tipo corrimento vaginal, mas é necessário estar alerta para eventuais mudanças nessas secreções.

 

1. Causas de um corrimento branco anormal

 

O corrimento vaginal pode apresentar manchas brancas e, por vezes, ser fino e fibroso. Mudanças são capazes de ocorrer por vários motivos, incluindo estresse emocional, estado nutricional, gravidez, uso de medicamentos – incluindo pílulas anticoncepcionais –, e excitação sexual.

 

O ciclo menstrual também afeta o ambiente da vagina. É possível observar o aumento da umidade e um corrimento claro quando o ciclo se aproxima.

Durante esse período, o equilíbrio de pH da vagina muda, tornando-se menos ácido nos dias imediatamente anteriores e ao longo da menstruação. É o momento mais propício para o surgimento de infecções – mais comuns nessa época.

 

2. Sinais de um corrimento vaginal anormal

 

Qualquer alteração na cor ou na quantidade de corrimento pode ser sinal de uma infecção vaginal.

Segundo a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), as infecções vaginais são muito comuns e a maioria das mulheres tem algum tipo delas ao longo da vida. Caso sinta algum dos sintomas abaixo, procure um médico, pois talvez seja uma infecção vaginal:

– Corrimento branco acompanhado de coceira, prurido ou dor

– Aumento da secreção

– Queimação durante a micção

– Secreção acinzentada ou amarelada com um odor fétido

 

Como um corrimento branco anormal é tratado?

A forma de tratamento vai depender do que está causando o problema. Por exemplo, infecções fúngicas geralmente são tratadas com medicamentos inseridos na vagina em forma de creme ou gel.

A vaginose bacteriana, por outro lado, é tratada com comprimidos de antibióticos ou cremes. A tricomoníase também é, em regra, tratada com drogas específicas.

 

Por isso, se sentir algo além de um corrimento branco fino e sem cheiro, procure um médico imediatamente.

 

As infecções vaginais são uma das causas mais comuns do corrimento vaginal anormal . É possível seguir alguns cuidados para preveni-las.

 

Mantenha a vagina limpa, através de higiene regular com sabonete neutro e água morna. Jamais use sabonetes perfumados. Além disso, evite sprays ou sabonetes íntimos.

 

Depois de ir ao banheiro, limpe sempre da frente para trás. Isso impede que as bactérias do ânus entrem na vagina e causem uma infecção. Use calcinhas 100% de algodão e evite roupas excessivamente apertadas.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]