A dieta da maçã não propõe a você passar fome, tampouco deixar de comer coisas saudáveis. É considerada balanceada e não apresenta riscos à saúde. A única proibição é quanto a frituras, doces e refrigerantes.

 

Um estudo da Universidade da Flórida fez jus ao ditado em inglês “An apple a day keeps the doctor away”, ou seja, ingerir uma maçã por dia mantém o médico afastado. A pesquisa acompanhou 160 mulheres em pós-menopausa, com idades compreendidas entre os 45 e os 65 anos de idade.

 

Durante um ano, metade comeu uma maçã por dia (75 g diárias), enquanto o grupo restante ingeriu a mesma quantidade, mas de passas. As mulheres que ingeriram maçã diminuíram os níveis de colesterol ruim em 23% e aumentaram em 4% os valores relativos ao colesterol bom, em comparação com o grupo que seguiu a dieta de passas de uva. Elas também tiveram diminuição no peso.

dieta da maçã
Consumo de maçã ajuda a saúde e também contribui para a perda de peso. Foto: iStock, Getty Images

A maçã tem uma grande concentração de fibras e vitaminas B, C e E. As substâncias desta fruta são benéficas para prevenção de diabetes, colesterol ruim, AVC, problemas respiratórios, doenças estomacais, cárie dentária, doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson, câncer e envelhecimento.

 

Também auxilia no controle do crescimento, evita problemas de pele, queda de cabelo e ainda regula o organismo. Quer mais? É ideal para quem quer começar uma dieta, uma vez que possui fibras que ajudam a dar a sensação de saciedade. Ela também reduz a vontade de comer doces e chocolates.

 

Depois desta lista podemos começar a falar sobre a dieta da maçã, não é mesmo?

 

Como funciona a dieta da maçã

É bem simples esta dieta. O principal é gostar de maçã. O cardápio da dieta da maçã é barato e fácil de preparar.

 

Para que a dieta da maçã realmente funcione é preciso consumir pelo menos uma fruta inteira no mínimo 30 minutos antes das refeições principais (café, almoço, lanche e jantar). Mas atenção, não vale substituir por suco: é preciso que seja a fruta. E se você conseguir, pode comer quantas quiser.

 

A maçã emagrece por uma questão simples: é rica em fibras, o que faz com que sua digestão seja mais lenta. Desta forma, ela fica mais tempo no estômago, deixando a sensação de saciedade. Além disso, as fibras levam para fora do organismo as toxinas e as gorduras.

 

O ideal é comer a fruta com casca, porque é nela que está um elemento conhecido como ácido ursólico. Essa substância de nome estranho tem a função de desenvolver a massa magra e os músculos, aumentando a queima de calorias.

 

dieta da maçã

Cardápio sugerido da dieta da maçã

Confira abaixo uma sugestão de cardápio para a dieta da maçã:

 

Café da manhã:

 

1 maçã inteira

Omelete com, no máximo, 2 ovos.

1 xícara de café ou 1 copo de 200 ml de café com leite desnatado.

 

Lanche da manhã:

 

1 maçã

1 copo de 200 ml de iogurte desnatado

 

Almoço:

 

Comer pelo menos 1 maçã inteira

Um filé de frango pequeno ou peixe frito em azeite de oliva ou manteiga

Salada com verduras de sua preferência

3 colheres de arroz integral

 

Lanche da tarde:

 

Comer pelo menos 1 maçã inteira

4 bolachas água e sal ou 1 torrada sem recheio

1 xícara de chá de sua preferência sem açúcar

 

Jantar:

 

Comer pelo menos 1 maçã inteira

Um filé de frango pequeno ou peixe frito em azeite de oliva ou manteiga

Salada com verduras de sua preferência ou 5 colheres de sopa de ervilha

1 copo de 200 ml de iogurte desnatado

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


DEIXE UMA RESPOSTA