Você sabe quais os cuidados para as primeiras 4 semanas de gestação? É neste momento que você normalmente começa a suspeitar que está grávida – sua menstruação não veio e há alguns sintomas de gravidez precoce. Por isso, é necessário buscar ajuda de um profissional para acompanhar a gestação e ter cuidados especiais, principalmente boa alimentação.

4 semanas de gestação
Com 4 semanas de gestação já é possível sentir os primeiros sintomas da gravidez. Foto: iStock, Getty Images

Mudanças nas primeiras 4 semanas de gestação

Com 4 semanas de gestação, de repente sua menstruação atrasou e o teste deu positivo: isso mesmo, você está grávida.

 

Para a maioria das mulheres, alterações nas mamas são o primeiro sinal físico de gravidez – antes mesmo dos enjoos matinais. Caso seus seios não estejam doloridos agora, acredite, em alguns dias ou semanas eles estarão.

 

É possível, também, que seus sentidos estejam mais aguçados – principalmente o gosto e o cheiro das coisas, facilitando enjoos. Pode acontecer do almoço do seu colega de trabalho ser motivo para você fazer uma visita ao banheiro ou então que você deixe de usar perfumes porque eles lhe causam enjoos.

 

Nas primeiras semanas, o embrião cresce e se desenvolve no interior do revestimento do útero. As células externas formam ligações com o suprimento de sangue da mãe, enquanto as células interiores se dividem em duas e, mais tarde, em três camadas.

 

Cada uma dessas três camadas, depois, se tornam diferentes partes do corpo do bebê. A camada interior, chamada endoderme, se transforma nos sistemas respiratório e digestivo, incluindo órgãos como pulmões, estômago, intestino e bexiga. A camada do meio, chamada mesoderme, se torna coração, vasos sanguíneos, músculos e ossos. A camada externa, chamada de ectoderma, vira cérebro, sistema nervoso, cristalino do olho, esmalte dos dentes, pele e unhas.

 

Durante as primeiras semanas de gestação, o embrião fica ligado a um pequeno saco vitelino que fornece nutrição e rodeado por fluído dentro do saco amniótico. É a camada exterior deste saco que, semanas mais tarde, formará a placenta, que então assume a responsabilidade da transferência de nutrientes para o embrião.

 

As células da placenta crescem profundamente na parede do útero, constituindo rico suprimento de sangue. Isso garante que o bebê receba todo o oxigênio e os nutrientes de que necessita.

 

Depois de 4 semanas de gestação, o tubo neural do bebê começa a se formar, sendo o responsável pelo desenvolvimento do sistema nervoso. Esta é uma boa razão para a ingestão de ácido fólico, encontrado em forma de suplementos ou em alimentos. Ele ajuda o tubo neural a se desenvolver e evitar problemas neurológicos. Por isso, que a alimentação é um dos principais cuidados que você deve ter neste momento.

 

4 semanas de gestação: principais cuidados

A primeira coisa a fazer é ligar para seu médico e agendar a primeira consulta pré-natal. Se você está tomando qualquer medicação, pergunte a ele se é seguro continuar.

 

Não apenas as 4 semanas de gestação, mas também as próximas seis serão críticas para o desenvolvimento do bebê. As versões rudimentares da placenta e do cordão umbilical, que proporcionam nutrição e oxigênio para a criança, já estão funcionando. É por meio desse sistema que o bebê é exposto ao que você tem em seu corpo.

 

Por isso, é necessário atenção especial com a alimentação, buscando alternativas saudáveis e o consumo de alimentos de todos os grupos alimentares, proporcionando todos os nutrientes que o bebê precisará nessa fase.

Além disso, se você é fumante e bebe álcool com frequência, este é o momento para parar. Converse com seu médico se sentir dificuldade de ficar longe destas substâncias.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


DEIXE UMA RESPOSTA