Manter uma alimentação equilibrada é fundamental para a saúde do organismo. No caso das crianças, a nutrição faz toda a diferença no crescimento e desenvolvimento. Por isso, é de extrema importância incluir alimentos ricos em fibras na dieta dos pequenos. Eles auxiliam no bom funcionamento do intestino e na prevenção de doenças.

Mas, afinal, por que as fibras são tão importantes? Bem, os alimentos ricos em fibras são repletos de substâncias que facilitam a digestão. Como a constipação costuma ser uma condição relativamente comum na infância, a ingestão das fibras ajuda a combater o problema. E esse é apenas um de vários benefícios.

As fibras também proporcionam efeitos positivos a longo prazo. Além de garantirem energia ao corpo, ainda ajudam a prevenir doenças cardiovasculares, a combater o colesterol alto, diabetes e câncer.  Os alimentos ricos em fibras auxiliam, igualmente, no combate à obesidade.

alimentos ricos em fibra
Frutas são alimentos ricos em fibras que não podem faltar no cardápio das crianças. Foto: iStock, Getty Images

Entenda como as fibras agem no organismo

Para compreender melhor os benefícios das fibras, é interessante verificar como elas agem no organismo. As fibras nada mais são que as partes dos vegetais que resistem ao processo de digestão. Na realidade, elas são uma mistura de componentes encontrados nos alimentos de origem vegetal.

Justamente por não fazerem parte do processo de digestão, passam intactas pelo sistema digestório. Dessa forma, aceleram a formação do bolo fecal e, consequentemente, evitam a constipação intestinal.

É importante ressaltar que existem as fibras solúveis (que se dissolvem na água) e as insolúveis (que não se dissolvem na água). Ambas são benéficas ao organismo e podem ser encontradas em diversos alimentos. Qualquer pessoa pode usufruir das vantagens do consumo de alimentos ricos em fibras. Os benefícios já citados valem para todas as idades.

A recomendação dos nutricionistas é começar, desde cedo, a incentivar as crianças a manterem uma alimentação balanceada. Se o hábito for adquirido já na infância, será mais fácil mantê-lo, especialmente considerando todas as tentações dos produtos industrializados.

 

alimentos ricos em fibra 

Como incluir alimentos ricos em fibras no cardápio

De acordo com a Fundação Americana de Saúde (AHF), as crianças devem consumir um número “x” de fibras por dia, que corresponde à idade + 5 ou 10 gramas. Exemplificando: uma criança de 5 anos, por exemplo, deve consumir entre 10 g e 15 g de fibras diariamente.

Para garantir que a quantidade ideal seja ingerida, é possível incluir determinados alimentos no cardápio: aveia, goiaba, milho verde, feijão branco ou preto, lentinha, brócolis, ameixa e manga são opções. Há, ainda, mais uma vasta quantidade de alimentos ricos em fibra. Eles estão incluídos na categoria das frutas, verduras, legumes e leguminosas.

Se estiver na dúvida, consulte as informações nutricionais em uma tabela para verificar a quantidade de fibras presentes em cada alimento. Para tornar o consumo mais atrativo para as crianças, é possível criar várias receitas que misturam alimentos ricos em fibra com outros que possuam carboidratos e proteínas.

É importante ressaltar, também, que a ingestão de líquidos junto com os alimentos ricos em fibra é recomendada. Afinal, as fibras solúveis necessitam de água para terem algum efeito. Seguindo essas orientações, você poderá manter uma alimentação balanceada em casa e assegurar a saúde da família inteira.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


DEIXE UMA RESPOSTA