[the_ad_group id="16403"]
Pele

Loção adstringente ajuda a limpar a pele de forma saudável

Por Redação Doutíssima 22/07/2015

Você sabia que a loção adstringente pode mudar a aparência dos poros na pele? Esse produto quase milagroso é capaz de contrair os pequenos furinhos, deixando-os menos evidentes.

Todo mundo tem poros aparentes. Não se engane achando que só os seus são perceptíveis. Mas, em pessoas de peles muito oleosas, eles tendem a ser mais abertos e visíveis.

Se isso é um incômodo, talvez seja a hora de incluir a loção adstringente na sua rotina de cuidados com o rosto. A coordenadora do curso cuperior de Tecnologia em Estética e Cosmética da Universidade Feevale, Katia Regina Lima e Silva Smaniotto, explica tudo sobre o produto e dá dicas de como usar.

loção adstringente

Adstringente ajuda a melhorar o aspecto da pele com poros muito abertos. Foto: Shutterstock

 

Poderes da loção adstringente

Katia informa que o tônico adstringente tem a capacidade de melhorar o aspecto da pele com poros, também chamados de óstios, muito abertos. O produto serve para a pele oleosa, que tem como característica os furinhos bem visíveis, aspecto brilhante e concentração de sebo.

Além dessa conhecida função, a loção adstringente pode ser potencializada com outros ingredientes. “Esse cosmético normalmente tem ativos como hamamélis, alecrim e gerânio, com ação reguladora da pele”, informa a especialista.

Mas o que acontece com a pele quando usamos a loção adstringente? Katia ensina que o benefício do tônico é o reequilíbrio do pH da pele e a redução da oleosidade. Para quem tem acne, o produto é indispensável.

Agora, quem tem a pele seca ou sensível, pode perceber que a loção adstringente não é um cosmético adequado. A ação reguladora do sebo natural pode acabar deixando o rosto ressecado e o produto não é recomendado para o uso diário nesses casos.

Dicas de uso da loção adstringente

É comum que as modelos ou atrizes de propaganda apliquem a loção adstringente molhando um algodão com o produto e deslizando-o pelo rosto. Katia alerta que esse não é o modo mais eficiente do uso.

“A loção adstringente deve ser usada com o auxílio de algodão, através da pressão e descompressão pontualmente. Isso favorece a penetração do produto e, consequentemente, sua ação.”

O adstringente sozinho também não faz milagres e deve ser aliado a uma rotina de beleza e cuidados que engloba outros produtos. A especialista recomenda a higienização, com loções de limpeza e sabonetes e o uso de gel ou sérum ou creme hidratante para repor o manto hidrolipídico, uma barreira de proteção natural da pele.

Além disso, o filtro solar precisa ser aplicado de manhã e ao meio-dia para evitar os danos causados pelos raios UV. “É importante ressaltar que esses cuidados devem ser rotineiros, pois é isso que determina resultados efetivos”.

Loção adstringente pode ser natural

A entrevistada afirma que quem prefere usar produtos naturais com ação adstringente pode recorrer às águas termais. “Especialmente as derivadas da extração de óleos essenciais, como por exemplo a água termal de gerânio ou de alecrim”.

Quanto ao uso de produtos caseiros, ela não recomenda. A justificativa é que mesmo produtos naturais, como plantas e extratos, podem ser tóxicos e oferecer riscos para a pele.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]