Dica do Nutricionista

Remédio natural para emagrecer: saiba quais os indicados

Por Redação Doutíssima 21/08/2015

Manter a forma deveria ser uma preocupação constante para muitas pessoas. Afinal, mais do que a estética, a saúde agradece quando peso e altura estão em harmonia. Além de uma dieta equilibrada e atividade física, alguns recorrem a reforços como remédio natural para emagrecer, em alternativa a medicamentos industrializados.

 

É importante entender que, antes de mais nada, quem quer ou precisa perder peso, deve ser acompanhado por um profissional da saúde, mesmo que opte por um remédio natural para emagrecer. É o nutricionista ou nutrólogo que vai poder ajudá-la a entender suas necessidades e o funcionamento de seu corpo.

remedio natural para emagrecer Shutterstock doutissima mulher na balança

Muitas pessoas que querem perder peso recorrem a remédios naturais para emagrecer. Foto: Shutterstock

 

O que é remédio natural para emagrecer

Mas o que pode ser considerado um remédio natural para emagrecer? Segundo a nutricionista Adriana Corsetti, é todo aquele formulado a partir de elementos encontrados na natureza, como plantas e frutas.

“Todos os anos aparecem novos ‘remédios’ naturais. Os que estão atualmente mais na moda são a pholia negra, a pholia magra, o chá verde, o goji berry, o óleo de coco, a castanha da Índia e o 5-HTP”, diz Adriana.

Eles são facilmente encontrados em farmácias de manipulação, mas podem ser obtidos em grandes redes de farmácias também. De acordo  com Adriana, alguns desses compostos, como o chá verde e o goji berry, podem ser utilizados associados a uma dieta de emagrecimento, porém outros podem apresentar riscos maiores que os benefícios.

Cuidados com o remédio natural para emagrecer

Apesar dos inúmeros benefícios, esses remédios precisam ser consumidos com muito cuidado. A quantidade e a procedência devem ser precisas e há algumas restrições para o uso.

“Todo  e qualquer tipo de remédio natural para emagrecer jamais deve ser usado sem orientação médica ou nutricional. É importante citar que esses produtos, em geral, não apresentam uma comprovação científica de que realmente funcionam”, alerta Adriana.

Além disso, a nutricionista salienta que a maioria deles apresenta uma alta dose de cafeína, o que pode levar ao aumento da pressão arterial, muito perigoso para pessoas hipertensas.

E quando você for adquirir um remédio natural para emagrecer, certifique-se de que é de boa procedência. Segundo Adriana, a melhor forma de fazer isso é verificar se possui o selo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No entanto, para a nutricionista, mais importante que apostar nesses produtos, é investir na mudança de hábitos, adotando um estilo de vida saudável.

“A reeducação alimentar garante que sejam oferecidos ao corpo os nutrientes necessários para o seu bom funcionamento, favorecendo a queima de calorias e proporcionando saúde e um resultado a longo prazo”, salienta Adriana.

Junto a isso, associada à alimentação adequada e balanceada, a atividade física regular deve ser incluída na rotina. “Isso vai garantir melhores resultados, com saúde”, assinala a nutricionista.

Assim, conversar com um educador físico e unir a atenção dos dois profissionais só vai acarretar em ganhos para a saúde e qualidade de vida.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros