Receitas

Como acabar com a ressaca: veja opções para reduzir efeitos

Por Redação Doutíssima 27/08/2015

Uma festa, um jantar, uma noite no bar com os amigos: qualquer um desses eventos pode fazer com que você esqueça quantos drinks já tomou e passe da conta. Para minimizar os impactos no dia seguinte é bom saber como acabar com a ressaca antes que ela acabe com você.

O que é a ressaca?

Dor de cabeça debilitante, tonturas, náusea ou desconforto estomacal, tremedeiras, boca seca e dores musculares. Tudo isso faz parte do dia seguinte de quem abusa do álcool.

como acabar com a ressaca - shutterstock

O consumo de bebidas alcoólicas pode causar dor de cabeça e tremedeira no dia seguinte. Foto: Shutterstock

A ressaca é uma série de complicações causadas pela desidratação que as bebidas alcoólicas causam no organismo. Cada tipo de bebida causa efeitos diferentes, mas existe uma que é famosa pelos piores dias seguintes: o espumante.

Variar os drinks na mesma ocasião também contribui para um amanhã ainda pior. Essa diferença ocorre porque cada bebida tem componentes diferentes que mudam a capacidade de absorção do álcool (para mais ou para menos), e as fórmulas agem no organismo criando substâncias tóxicas.

Assim, a dica para acabar com a ressaca, além de não beber demais, é escolher apenas um tipo de bebida (e ficar longe do espumante). Outra dica famosa é ingerir um copo de água para cada copo de drink, uma estratégia valiosa para a saúde e que poucas pessoas valorizam.

Como acabar com a ressaca

Se você acordou se sentindo mal na manhã depois daquela festa, veja essas dicas de como acabar com a ressaca.

1. Reidrate-se

como acabar com a ressaca

Por causa da desidratação causada pelo consumo de álcool, é preciso ingerir bastante água. Foto: Shutterstock

Além de estar trocando água por drinks, as bebidas alcoólicas promovem uma desidratação do organismo. O ideal é já começar a tomar líquidos não alcoólicos mesmo antes de ir dormir e no dia seguinte focar os esforços em fornecer H2O para o corpo.

2. Coma pera

como acabar com a ressaca

O consumo de pera asiática pode ajudar a aliviar os sintomas causados pela ressaca. Foto: Shutterstock

Cientistas da Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation, da Austrália, descobriram que uma fruta em especial pode ajudar muito a acabar com a ressaca. A pera asiática baixa o colesterol, alivia constipação, é anti-inflamatória e aparentemente manda embora os sintomas da bebedeira e ainda diminui o nível de álcool no sangue.

3. Aposte nos medicamentos

como acabar com a ressaca

Dores de cabeça e incômodos causados pela ressaca podem ser aliviados com analgésicos. Foto: Shutterstock

Outra dica é atacar os sintomas, como a dor de cabeça e dores musculares. Analgésicos podem ajudar com isso, mas tente não tomar os com ácido acetilsalicílico, eles tendem a irritar o estômago, que já não está muito bem depois de tanta bebida.

4. Alimente-se

como acabar com a ressaca

Consumir alimentos com açúcar é uma forma de contornar a tremedeira causada pela ressaca. Foto: Shutterstock

Se a dor de cabeça e náusea já estão fazendo você se arrepender da quantidade de bebida da noite anterior, a tremedeira que surge no dia seguinte também complica a rotina.

Para esse mal específico, alimentos com açúcar podem ajudar. Lembre-se que frutas também contém esse ingrediente, além de fibras e água que ajudam a restabelecer as funções do organismo.

5. Tome sopas

como acabar com a ressaca

Para hidratar o organismo e aliviar os sintomas da ressaca, a sopa é uma boa opção. Foto: Shutterstock

Uma sopa de vegetais é aconselhada como refeição para eliminar os efeitos da ressaca. Fácil de digerir, ela contém água para ajudar na reidratação, vitaminas e minerais.

6. Evite o álcool

como acabar com a ressaca

Para não piorar a ressaca, é importante evitar o consumo de mais bebidas alcoólicas. Foto: Shutterstock

Além de todas essas dicas de como acabar com a ressaca, é importante lembrar de não ingerir bebidas alcoólicas por pelo menos 48 horas após a ingestão exagerada que causou o mal-estar.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros