Quem não lembra do menino que encantou a internet ao narrar as aventuras do amigo em um brinquedo semelhante a um carrinho de rolimã? A história do “Marcos Véio” ressuscitou uma brincadeira antiga, favorita de muitos pais na infância. Fabricar o carrinho e deslizar sobre as rodinhas pode ser uma ótima atividade para pai e filho.

 

Figura paterna no desenvolvimento dos filhos

Um estudo sueco publicado na revista Acta Paediatrica descobriu que um pai ativo é capaz de refletir positivamente na vida dos filhos, reduzindo problemas de comportamento em meninos e psicológicos em meninas. Os pesquisadores revisaram 24 estudos feitos anteriormente.

carrinho de rolima
Carrinho feito com madeira é opção para pais e filhos aproveitarem o momento. Foto: iStock, Getty Images

Eles não conseguiram determinar exatamente como os pais devem se engajar, embora tenham concluído que as estatísticas mostram efeitos positivos dessa maior participação.

 

Ao analisar um dos estudos que embasou as pesquisas, eles observaram que crianças que tiveram pais presentes na infância eram menos tendentes a fumar ou ter problemas com a polícia, por exemplo.

 

Outra pesquisa feita na Universidade da Pennsylvania, Estados Unidos, mostrou que filhos que passam mais tempo com a figura paterna possuem maior autoestima e habilidades sociais. O levantamento foi feito com aproximadamente 200 famílias e publicado na revista Child Development.

 

Em famílias cujo pai e a mãe ainda estão juntos, o papel dessa última normalmente diz respeito a cuidar do dia a dia, e por isso em certos aspectos passa despercebido das crianças.

 

Em contrapartida, o pai geralmente supera as expectativas ao deixar de fazer algo para ficar com a criança e quase sempre busca uma atividade lúdica – o que é excelente para autoestima e habilidades sociais dos pequenos, segundo os pesquisadores.

 

Carrinho de rolimã é atividade para pai e filhos

Quase todo mundo já brincou com esse brinquedo feito em casa. Fazer um carrinho de rolimã não tem mistério e pode ser um ótimo projeto de final de semana para um pai e seus seus filhos. Se você quiser experimentar, veja como fazer um:

 

1. Construa a base

 

Para isso, pegue um pedaço de madeira – um tamanho adequado para uma boa resistência tem 60cm de comprimento, 30cm de largura e 2cm de espessura.

 

2. Faça a dianteira

 

A dianteira é mais afunilada que o restante, então desenhe com um lápis e depois, com uma serra, corte. Não esqueça de lixar bem para dar um acabamento legal e evitar machucados.

 

3. Eixos

 

É possível fazê-los de madeira ou ferro. O eixo dianteiro será maior do que o traseiro. Lembre-se que ao optar por madeira, serão necessários acabamentos nas pontas para fixar os rolamentos – o que nem sempre é necessário com ferro.

 

4. Rolamentos

 

Opte por rodinhas com mais ou menos 6cm de diâmetro. É importante fixá-las bem para evitar acidentes.

 

5. Para fixar os eixos

 

Essa parte é importante. O eixo traseiro deve ser fixado por dois parafusos, e deverá ficar estático. O eixo dianteiro deve estar bem centralizado e fixado com apenas um parafuso, possibilitando assim que a criança direcione o carrinho com seus pés.

 

Está pronto! Agora verifique novamente o passo a passo e veja se tudo ficou bem fixado. Cuide também se não há necessidade de acabamento, como lixar alguma ponta por exemplo.

 

Além disso, é importante dar às crianças alguns equipamentos de segurança. Leve capacete, joelheiras e cotoveleiras, para evitar acidentes. É importante ainda escolher um local adequado para brincar. Veja se não há na sua cidade algumas ruas que estejam fechadas em finais de semana para o lazer dos cidadãos – essa é uma boa opção.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre carrinho de rolimã? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


DEIXE UMA RESPOSTA